aprovados pelo próprio presidente

PT: Gabrielli e Berzoini coordenarão campanha presidencial de Lula

00:00 · 15.05.2018

Brasília. A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, já está escalando integrantes do partido para coordenarem a campanha presidencial de Lula. Ela convidou o ex-presidente da Petrobras, Sergio Gabrielli e o ex-ministro Ricardo Berzoini para uma reunião. A ideia é que os dois já passem a atuar na coordenação.

Gabrielli seria uma opção também para assumir o comando da campanha. Os nomes dos dois foram aprovados pelo próprio Lula quando Gleisi o visitou na prisão, há dez dias. Ele autorizou que ela formalizasse o convite. A ideia é deixar a campanha a cargo de pessoas com experiência, mas que não estejam ocupando cargos públicos nem desejem concorrer à eleição deste ano.

> Jair Bolsonaro lidera em cenários sem Lula

Além de preso, Lula foi condenado em segunda instância, o que deve barrar sua candidatura pela Lei da Ficha Limpa. O PT, no entanto, diz que inscreverá o ex-presidente como candidato.

Já a Justiça Federal de Brasília negou pedido das defesas de Lula e de um dos filhos dele, Luís Cláudio, para suspender o depoimento de ambos no dia 21 de junho, no âmbito da Operação Zelotes. Lula, o filho e outros acusados são réus em processo por suspeita de irregularidades na compra dos caças suecos.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.