Tragédia em Santa Maria (RS): polícia prende 3 pessoas em caráter temporário - Nacional - Diário do Nordeste

Tragédia em Santa Maria (RS): polícia prende 3 pessoas em caráter temporário

Redação Web | 10h00 | 28.01.2013

Dois integrantes da banda e um sócio da boate Kiss foram detidos

A polícia realizou uma operação na manhã desta segunda-feira (28) que resultou na prisão de três pessoas envolvidas na tragédia ocorrida no último domingo (27), na boate Kiss, em Santa Maria (RS).

Bombeiros tentam conter as chamas durante a madrugada FOTO: Folhapress

> Quatro têm prisão decretada após incêndio na Kiss

> Boate não tinha alvará nem aval dos bombeiros

> Incêndio é manchete dos principais jornais

Dois integrantes da banda Gurizada Fandangueira e um sócio da casa noturna foram presos. De acordo com informações dos policiais, os músicos foram encontrados nos municípios de MataSão Pedro do Sul. Já o empresário Elissandro Spohr, conhecido como Kiko, foi preso após receber atendimento médico na cidade de Cruz Alta.

Segundo o advogado de Kiko, ele inalou a fumaça tóxica e estava acompanhado da mulher, grávida, no momento em que o incêndio começou. A polícia cumpriu mandados de busca e apreensão. As prisões foram feitas em caráter temporário.

Comente essa matéria


Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999