Delação da JBS

Temer disse que poderia ajudar Cunha com dois ministros do STF, segundo Joesley

O empresário, no entanto, não detalha como o presidente seria capaz de fazer isso acontecer

16:54 · 19.05.2017 / atualizado às 17:00 por Folhapress
Michel Temer Eduardo Cunha delação ministros STF
"Eu posso ajudar com dois, com onze não dá", teria dito Temer a Joesley sobre ajuda a Cunha ( Foto: Agência Brasil )

O empresário Joesley Batista, dono da J&F, empresa que controla o frigorífico JBS, afirmou que o presidente Michel Temer relatou que o ex-deputado Eduardo Cunha pediu a ele ajuda no Supremo Tribunal Federal (STF) e que o presidente comentou que poderia ajudar com dois ministros, mas não com onze.

Leia mais:

>Não há ilegalidade em áudios gravados por Joesley, diz Fachin

>Janot acusa Temer de corrupção, obstrução de Justiça e organização criminosa

>Aliados de Temer minimizam gravações e impacto na base aliada

"Ele me fez um comentário curioso, que ele disse 'o Eduardo quer que eu ajude ele no Supremo. Eu posso ajudar com dois, com onze não dá'", afirmou Joesley Batista, após ser questionado sobre se Temer teria feito comentários sobre pedido de ajuda de Cunha.

Joesley não detalha como Temer seria capaz de ajudar o deputado preso. "Eu fiquei calado. Não sei como o presidente poderia ajudá-lo."

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.