Próxima Semana

STF adia julgamento sobre suspensão de denúncia contra Temer

A denúncia contra Temer foi apresentada pelo procurador-feral da República, Rodrigo Janot, com base nas delações premiadas da J&F

A ministra afirmou que ainda decidirá qual a nova data para retomada do julgamento. ( Foto: Fernando Frazão / Agencia Brasil )
18:54 · 13.09.2017 por Estadão Conteúdo
A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, adiou para a próxima semana a conclusão do julgamento pela Corte do pedido da defesa do presidente Michel Temer para suspender eventual segunda denúncia apresentada pelo procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, contra ele. 
 
A defesa pede a suspensão até que as provas contra Temer, obtidas por meio da delação do grupo J&F, sejam analisadas pelo Ministério Público e STF.
 
Inicialmente, a presidente do Supremo informou que remarcaria o julgamento para esta quinta-feira (14). Posteriormente, porém, Cármen disse que a conclusão deve ficar para a próxima semana, quando Janot já terá deixado o cargo - o mandato dele acaba no domingo (17). 
 
Nesta quinta-feira, ainda conforme Carmem Lúcia, a Corte julgará uma ação relacionada ao Novo Código Florestal. A nova data da retomada do julgamento ainda será definida.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.