Atitude Preconceituosa

Rapaz que tirou selfie racista no Carnaval é demitido: 'não nos interessa tal perfil'

"Nem a imaturidade, nem o carnaval e nem a bebida é desculpa para o racismo. Nada é desculpa para o racismo“, afirmou um dos sócios da empresa que o jovem trabalhava

15:35 · 15.02.2018 por Redação Diário do Nordeste
lucas
Um dos jovens que foi ofendido com os comentários denunciou a atitude do rapaz branco ( Foto: Reprodução / Instagram )

O rapaz branco que postou uma foto na rede social Instagram durante o Carnaval insinuando que seria roubado por um grupo de negros foi demitido, nesta quinta-feira (15), da empresa onde trabalhava. Um dos sócios da empresa é negro e fez questão de comunicar a decisão com um depoimento pessoal.

A atitude racista de Lucas - rapaz que fez a publicação preconceituosa no Instagram, no perfil @lucasalmeid4 - foi denunciada nesta quarta-feira (14) por Iarley Duarte, um dos jovens que foi ofendido com a publicação. 

Iarley publicou a atitude de Lucas em sua rede social e afirmou que o rapaz foi até a ele e seu grupo de amigos e pediu para tirar a foto. Os jovens aceitaram com tranquilidade. Entretanto, Lucas publicou a foto com os rapazes com uma mensagem preconceituosa: "Vou roubei seu celular".

 

Fabrício Affonso, um dos sócios da empresa que o jovem trabalhava, disse que repudia a atitude do funcionário. Fabrício comunicou a decisão de desligar o funcionário ponderando que talvez o jovem não tivesse noção da gravidade do que estava fazendo, mas ressaltou que isso não justificava tal comportamento.

"Conheço meus funcionários a nível pessoal, e acredito que a postagem tenha sido profundamente infeliz, beirando a ingenuidade. Mas, novamente, a empresa não pode compactuar com esse tipo de comportamento irresponsável e muito menos responder por ele. Podem ter certeza que tomaremos as medidas necessárias. Não nos interessa um funcionário com tal perfil. Nem a imaturidade, nem o carnaval e nem a bebida é desculpa para o racismo. Nada é desculpa para o racismo“, afirmou.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.