Sanofi Pasteur

Produção de vacina contra febre amarela cresce 212,3% no Brasil

Quantidade produzida passou de 21,4 milhões em 2016 para 66,9 milhões no ano passado

10:56 · 13.01.2018 / atualizado às 11:03 por Estadão Conteúdo
febre amarela
Único fabricante brasileiro, o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos), interrompeu a produção da vacina tríplice viral durante todo o ano de 2017 ( Foto: André Borges/Agência Brasília )

A produção de vacina da febre amarela no Brasil cresceu 212,3%, passando de 21,4 milhões em 2016 para 66,9 milhões no ano passado. Já a importação cresceu 300% no mesmo período, de acordo com a Sanofi Pasteur, única fornecedora autorizada do setor privado. 

Único fabricante brasileiro, o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos), ligado à Fiocruz, interrompeu a produção da vacina tríplice viral durante todo o ano de 2017 para atender à demanda do Ministério da Saúde

Além disso, reduziu as exportações em 44,7%, de 5 mil para 2,8 mil doses. 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.