Após vídeo

Polícia de MT investiga rede de zoofilia na internet

Universitário divulgou um vídeo numa rede social em que abusa sexualmente de uma cadela

09:33 · 21.04.2017

Após a divulgação de um vídeo numa rede social em que um estudante aparece abusando sexualmente de uma cadela, a Polícia Civil do Estado do Mato Grosso tenta identificar se há um grupo de zoofilia na internet. Com informações do portal G1.

O ato foi cometido por um universitário da capital do estado, Cuiabá. A Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema) pediu a prisão do estudante, na quinta-feira (20). Ele pôde ser identificado porque seu rosto aparece no vídeo.

A polícia suspeita de que ele seja integrante de uma rede de zoófilos e busca descobrir quem faz parte dela. Durante a investigação, já foi localizada uma testemunha que confirmou indícios de outros envolvidos que teriam postado imagens nas redes sociais e "marcado" o estudante.

Segundo a instituição, o estudante também se refere aos membros de um grupo no vídeo. Os próximos passos devem ser o cumprimento de mandados de busca e apreensão na casa do suspeito e colhimento de provas através, além da apreensão de computadores e celulares. Os animais serão resgatados.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.