Em São Bernardo do Campo (SP)

Lula sai a pé de sindicato e se entrega à Polícia Federal para ser preso

Ex-presidente entregou-se após a missa realizada pela manhã no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC

Lula se entregou à PF após missa em homenagem à esposa, que faleceu em 2017 ( Foto: Ricardo Stuckert )
19:10 · 07.04.2018 / atualizado às 19:20 por Folhapress

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi preso neste sábado (7), às 18h40, em São Bernardo do Campo (SP), na Grande São Paulo.

Ele entregou-se à Polícia Federal após a missa realizada pela manhã no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC em homenagem à ex-primeira-dama Marisa Letícia, morta em 2017.

No evento, que se tornou um ato político, o ex-presidente disse que iria se entregar para "enfrentar" a Lava Jato.

O juiz federal Sergio Moro determinou que Lula deveria ter se apresentado à Polícia Federal em Curitiba até as 17h da última sexta (6), mas o prazo foi ignorado pelo petista.

Desde quinta (5), quando Moro decretou sua prisão, o ex-presidente ficou alojado no sindicato, cercado por militantes e políticos de esquerda.

A defesa do petista negociava na sexta as condições para que ele se entregasse. A PF descartou enviar agentes ao sindicado para evitar conflitos. 

Lula foi condenado por Moro, em julho de 2017, a 9 anos e 6 meses de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex de Guarujá (SP).

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.