Não possuía autorização

Helicóptero que caiu com noiva no interior de SP não tinha licença da Anac

O helicóptero caiu no fim da tarde do último sábado (5) em Vinhero, perto de pousar na área externa de uma casa de eventos. Todos os ocupantes da aeronave sobreviveram ao acidente

A empresa dona da aeronave não tinha licença para realizar a atividade de táxi aéreo ( Foto: Corpo de Bombeiros/SP )
16:21 · 07.05.2018

O helicóptero que caiu em Vinhedo, no interior de São Paulo, enquanto transportava uma noiva para o casamento não tinha autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para pousar no local do evento, um espaço com castelo cenográfico em um bairro de chácaras. A empresa também não tinha licença para realizar a atividade de táxi aéreo.

A Anac abriu processo administrativo contra a empresa dona da aeronave. O processo pode provocar "denúncia ao Ministério Público e a Polícia Federal para que sejam tomadas medidas no âmbito criminal".

Acidente

O helicóptero caiu no fim da tarde do último sábado (5) em Vinhero, perto de pousar na área externa de uma casa de eventos. Após a queda, o helicópeter pegou fogo.

Entretanto, todos os ocupantes da aeronave, a noiva, o irmao dela e o piloto, sobreviveram ao acidente e conseguiram sair do helicóptero antes do fogo iniciar. O piloto teve escoriações leves e a noiva o irmão não tiveram ferimentos.

Pouso 

Um dorne percorreu o mesmo caminho feito pelo helicóptero que caiu no último sábado e registrou imagens que mostram a proximidade com as torres do castelo cenográfico, cenário do casamento.

Outros helicóptero já posaram no local em outras datas, mas nunca houve acidente como o de sábado.

Com informações do G1

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.