Eleições

Datafolha: após ataque, Bolsonaro tem 24% das intenções; quatro candidatos empatados tecnicamente

Ainda se recuperando de uma facada no abdômen, candidato do PSL cresceu 2 pontos percentuais ante o levantamento anterior

21:04 · 10.09.2018 / atualizado às 22:05 por Estadão Conteúdo

A intenção de voto no candidato Jair Bolsonaro (PSL) oscilou de 22% em agosto para 24% nesta segunda-feira (10), segundo pesquisa Datafolha. Desta forma, o candidato segue na liderança da corrida eleitoral. Quatro candidatos estão tecnicamente empatados na segunda colocação, no limite da margem de erro, que é de dois pontos porcentuais.

De agosto até hoje, Ciro Gomes (PDT) subiu de 10% para 13%. Marina Silva (Rede) caiu de 16% para 11%. Geraldo Alckmin (PSDB) oscilou de 9% para 10%. Fernando Haddad, que deve substituir o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na chapa do PT, cresceu de 4% para 9%.

Aparecem com 3% das intenções de votos cada os candidatos Alvaro Dias (Podemos), João Amoêdo (Novo) e Henrique Meirelles (MDB). Na pesquisa anterior, Dias tinha 4% e Amoêdo e Meirelles, 2%. Com 1% cada em ambos os levantamentos aparecem os candidatos Cabo Daciolo (1%), Guilherme Boulos (PSOL) e Vera Lúcia (PSTU).

João Goulart Filho (PPL) passou de 1% para 0%. José Maria Eymael (DC) não pontuou em nenhum dos dois levantamentos. O número de brancos e nulos caiu de 22% para 15%. Já o de não souberam/não opinaram oscilou de 6% para 7%.

A pesquisa tem margem de erro de dois pontos porcentuais e nível de confiança de 95%. Foram ouvidos 2.804 eleitores nesta segunda-feira, 10, em 197 municípios de todas as regiões do País. A pesquisa foi registrada no TSE sob o protocolo BR-02376/2018. O levantamento foi encomendado pela TV Globo e pelo jornal Folha de S.Paulo.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.