Em todo o País

Anvisa proíbe lote de peito de frango da marca D+ Alimentos por risco de meningite

Produto apresentou a existência de Listeria monocytogenes, uma espécie de bactéria capaz de provocar doenças em seres humanos

13:34 · 26.04.2018 / atualizado às 13:39
frango
Segundo a Anvisa, a D+ Alimentos deve recolher todo o estoque existente no mercado brasileiro referente ao lote 0320 do peito de frango congelado ( Foto: Divulgação )

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu, em portaria publicada na última sexta-feira (20) no Diário Oficial da União, a distribuição e comercialização de um lote de peito de frango congelado da marca D+ Alimentos em todo o território nacional. Segundo o órgão, foi constatada a existência da bactéria Listeria monocytogenes no produto, que pode causar doenças em seres humanos, inclusive a meningite.

Em nota, a Anvisa informou que o lote 0320 do produto teve seu comunicado de recolhimento emitido pela própria fabricante. Segundo a agência, a empresa deve recolher todo o estoque existente no mercado brasileiro referente ao lote infectado.

O peito de frango cozido desfiado congelado é fabricado pela empresa G L Faleiros Indústria de Alimentos Eireli, da marca D+ Alimentos.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.