negociações

Aliança com Alckmin pode render cargo com foro para Temer

Estrategistas da campanha tucana estariam defendendo a ideia de garantir ao atual presidente um ministério caso Alckmin chegue ao Planalto

A nomeação garantiria a Temer foro especial, o que impediria que o presidente venha a sofrer medidas cautelares determinadas por juízes de primeira instância ( Foto: Agência Brasil )
09:16 · 17.05.2018 / atualizado às 09:45

As conversas entre Michel Temer e Geraldo Alckmin para formar uma aliança na disputa eleitoral deve passar pela atribuição de um cargo de confiança para o atual presidente em um eventual governo tucano, segundo informações da colunista Mônica Bergamo do jornal Folha de S. Paulo.

Alguns dos principais estrategistas da campanha de Alckmin à Presidência estariam defendendo a ideia de garantir a Temer um ministério, caso o tucano chegue ao Planalto. A nomeação garantiria a Temer foro especial, o que impediria que o presidente venha a sofrer medidas cautelares determinadas por juízes de primeira instância.

Caso Alckmin não seja eleito, mas um de seus aliados - João Dória e Márcio França - consiga ser eleger para o governo paulista, a estratégia seria designar a Temer um cargo na gestão do estado de São Paulo.

A ideia é bem vista por advogados amigos de Temer que temem que o presidente venha a sofrer busca e apreensão ou mesmo que seja preso, situação que poderia ser evitada com um cargo com foro.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.