Maranhão

Morre ex-governador Epitácio Cafeteira aos 93

Cafeteira voltou a aliar-se com a família Sarney em 2006, quando foi novamente eleito senador, após duas derrotas para o governo do Maranhão ( Foto: Ag. Senado )
00:00 · 14.05.2018

Brasília. O ex-governador do Maranhão Epitácio Cafeteira (PTB) morreu, ontem, em Brasília, aos 93 anos. Ele estava sendo monitorado por uma UTI (Unidade de Terapia Intensiva) montada em sua casa na capital federal. Em nota, a família do ex-governador informou que ele estava debilitado e sua saúde inspirava cuidados, mas não divulgou as causas da morte.

Um dos políticos de maior expressão do Maranhão, Cafeteira foi prefeito de São Luís, deputado federal por três mandatos, governador e senador. Ele estava afastado da política desde 2015, quando encerrou seu último mandato no Senado.

Em sua trajetória política, teve uma relação de alianças e disputas com o grupo político do ex-presidente José Sarney (MDB). Foram adversários nos anos 1970 e 1980 e reconciliaram-se em 1985, quando Sarney assumiu a Presidência da República. No ano seguinte, foi eleito governador do Maranhão (de 1987 a 1990) com 80% dos votos. Em 1990, foi eleito para o Senado com o apoio de Sarney.

Cafeteira deixa mulher, uma filha e netos. O governador Flávio Dino (PC do B) decretou luto oficial de três dias. O dia e local do velório e do sepultamento ainda não foram informados.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.