Tragédia em creche

Liberados R$ 2 mi em ajuda a Janaúba

00:00 · 13.10.2017
Image-0-Artigo-2309534-1
O ministro da Saúde, Ricardo Barros (centro), visitou hospitais de Montes Claros e Janaúba, cidade marcada pela morte de 11 pessoas em incêndio ( Foto: Folhapress )

Janaúba/Montes Claros. O ministro da Saúde, Ricardo Barros, visitou ontem os hospitais de Janaúba e Montes Claros, em Minas Gerais. As unidades de saúde prestam assistência às vítimas da tragédia na creche Gente Inocente, localizada na cidade de Janaúba. Há uma semana, um incêndio levou a morte de 11 pessoas, das quais nove crianças, uma professora e o segurança da instituição, responsável por atear fogo no local.

Segundo Barros, o município de Janaúba receberá R$ 1 milhão para reembolso de gastos da prefeitura com a tragédia. O Hospital Pronto Socorro João XXIII, unidade referência no tratamento de queimados em Belo Horizonte, que atende feridos no incêndio, receberá R$ 2 milhões. A Santa Casa de Montes Claros, que também recebe vítimas da tragédia, receberá o mesmo valor para compra de equipamentos, medicamentos e outros insumos usados no tratamento a queimados. Durante a visita, o ministro se reuniu com autoridades locais para definir as condições do repasse de recursos.

Na terça-feira (10), o governo federal anunciou o repasse de R$ 8,7 milhões para ações de apoio à tragédia ocorrida na creche em Janaúba. Desse total, serão R$ 3,7 milhões destinados à construção de duas creches.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.