Combate à violência

Jungmann diz que pedirá prioridade para criar Susp

00:00 · 18.05.2018
Jungamann
Para o ministro da Segurança Pública, o ideal é que o projeto seja sancionado até a próxima semana e que ao menos dois conselhos sejam criados ( Foto: Agência Brasil )

Brasília. O ministro de Segurança Pública, Raul Jungmann, afirmou ontem) que pedirá ao presidente Michel Temer prioridade na análise do projeto de lei que cria o Sistema Único de Segurança Pública (Susp).

O projeto foi aprovado nesta quarta (16) pelo Senado, após um processo de tramitação a jato: em menos de um dia, foi aceito na Comissão de Constituição e Justiça e em plenário. 

Agora, segue para sanção do presidente. O objetivo da proposta é integrar dados e a atuação dos órgãos de segurança pública e defesa social dos 26 estados, além do Distrito Federal. 

Para Jungmann, o ideal é que o projeto seja sancionado até a próxima semana. “Vou pedir ainda hoje e faço uma boa aposta de que semana que vem vamos tocar isso”, disse. “Claro que não fica pronto de um dia para outro. Mas aí já começamos a construir os conselhos”. Segundo o ministro, ao menos dois conselhos devem ser criados para suporte ao novo sistema. 

Declaração de Eunício

Um dia após o Senado aprovar a proposta de criação do Susp, o presidente do Congresso, senador Eunício Oliveira (MDB-CE), declarou que a maior integração da segurança pública entre os entes federados ajudará o País a combater a violência.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.