Reforma De casa

Filha de Temer dá depoimento à PF

00:00 · 04.05.2018
Image-0-Artigo-2396029-1
A obra da casa foi paga com seus rendimentos e empréstimos, disse Maristela Temer ( Foto: Folhapress )

São Paulo. A filha do presidente Michel Temer, Maristela Temer, prestou depoimento ontem à Polícia Federal, em São Paulo, no inquérito que investiga a origem do dinheiro que pagou a reforma de sua casa na capital paulista. Há a suspeita de que o coronel Lima, amigo há décadas do presidente e acusado de trabalhar como seu operador financeiro, tenha ajudado a pagar a obra com recursos de propina destinada a Michel Temer.

Fornecedores que trabalharam ou venderam material para a reforma disseram ter sido pagos por Maria Rita Fratezi, mulher do coronel Lima, o que reforça as suspeitas da PF. Questionada pelos policiais, Maristela afirmou que pagou a obra da casa com o dinheiro que ganha como psicóloga, com um empréstimo da mãe, no valor de R$ 100 mil, e com dois empréstimos que ela mesma fez no banco, informou o "Jornal Nacional".

A filha de Temer disse que não tem todos os comprovantes dos pagamentos porque a reforma foi feita há quatro anos. Maristela negou que o pai tenha ajudado a pagar a reforma.

Em Ribeirão Preto, onde cumpriu agenda ontem, o presidente Michel Temer (MDB-SP) desdenhou de qualquer preocupação com o depoimento da filha.

"Registre meu sorriso", disse aos jornalistas.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.