Anvisa libera anticoncepcional - Nacional - Diário do Nordeste

CONTRACEP

Anvisa libera anticoncepcional

23.02.2008

Porém, após o laudo positivo, novas análises detectaram alteração na fórmula do Contracep e problemas na fabricação

Brasília. A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) revogou a interdição de todos os lotes do anticoncepcional injetável Contracep, que não puderam ser comercializados desde novembro de 2007, quando nova resolução foi publicada no ´Diário Oficial´.

À época, laudos do Instituto Adolfo Lutz de SP mostraram que três lotes do produto tinham problemas - uma quantidade de hormônios menor que a esperada, por exemplo. Isso colocou em xeque a eficácia do remédio, o que fez a Anvisa suspender as vendas por 30 dias. A suspensão foi renovada em dezembro por tempo indeterminado.

Houve relatos de pelo menos três mulheres que disseram ter engravidado durante o período que usavam o remédio.

Eficácia

Segundo a Anvisa, a liberação do Contracep se deu após a fabricante EMS Sigma Pharma mostrar exames atestando a segurança do anticoncepcional. Em nota, a EMS disse que ´desde o início do processo tinha certeza da qualidade e segurança do Contracep e realizou testes em cinco laboratórios autorizados pela Anvisa, cujos laudos comprovaram a qualidade do medicamento´.

Anvisa e EMS não tinham se entendido, contudo, em relação a que lotes dos medicamentos poderão ser comercializados. A assessoria de imprensa da Anvisa informou que, por um acordo com a EMS, os lotes de 2007 não poderiam voltar às farmácias, e que apenas os novos poderiam ser vendidos. Uma resolução deverá ser publicada com essa informação.

Já a assessoria da EMS disse que o laboratório entendeu, pelo texto da resolução, que lotes antigos podem ser vendidos.

Após os laudos do Adolfo Lutz, técnicos do Centro de Vigilância Sanitária de SP e da Anvisa inspecionaram a fábrica da EMS em Hortolândia (SP) e detectaram alteração na fórmula do Contracep e problemas em diversas fases de fabricação. A Anvisa nega ter recebido esse resultado.

Comente essa matéria


Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999