campeonato brasileiro

Vovô na Série A: um retorno triunfal

Em sua volta à Série A, Ceará conta com a base vitoriosa e bom trabalho do técnico Marcelo Chamusca para realizar uma campanha segura

00:00 · 14.04.2018 por Vladimir Marques - Repórter

Desde o dia em que o Ceará conquistou o acesso para a Série A em 2017, no dia 18 de novembro, que a torcida alvinegra esperava ansiosa o ano seguinte, para ver seu clube medindo forças entre os 20 melhores clubes do país no Brasileirão, depois de 7 anos. E depois de 4 meses 25 dias da comemoração do acesso, a espera acabou: vai começar à Série A, com o Vozão em campo.

LEIA AINDA
Série A: Vovô estreia neste sábado contra o Santos fora de casa
> Série A: Copa no caminho

E para aumentar ainda mais a expectativa dos alvinegros, o Ceará faz uma temporada excelente - o bi-campeonato cearense e a campanha na Copa do Nordeste comprovam - e seguindo seu planejamento à risca, apostando na forte base do acesso, reforços pontuais e claro, o bom trabalho do técnico Marcelo Chamusca, fazendo o torcedor alvinegro nutrir a esperança de uma boa campanha na Série A do Brasileiro, em sua 22ª participação na elite. Em 21 participações, as melhores campanhas do Vovô na Série A foram: 7º em 1959, 3º em 1964 e 7º em 1985.

Mais estruturado dentro e fora de campo, o Ceará tem tudo para realizar uma campanha melhor que 2010, ano seguinte após seu segundo acesso, em 2009. Em 2010, o Vovô, com um time muito forte na defesa, terminou em um honroso 12º lugar, garantindo um lugar na Copa Sul-Americana.

Ou seja, com um time sólido na defesa (Everson e Luiz Otávio são os pilares), um meio campo técnico (Richardson, Juninho e Ricardinho são destaques) e um ataque produtivo - são 59 gols em 28 jogos, média de 2,1 por partida - formado por Felipe Azevedo, Wescley e a revelação Arthur, artilheiro do Brasil com 16 gols, tudo que os alvinegros querem é fazer uma campanha segura, sem risco de rebaixamento e sonhando com uma competição internacional.

Confiança

Para isso, a primeira providência é não temer os adversários de maior investimento, do quilate de Corinthians, Palmeiras, Flamengo ou Grêmio.

O meia Juninho, um dos reforços do Vovô para a Série A, foi enfático quanto as chances do alvinegro na elite. "Jogar a Série A é um sonho que todos tem quando criança. Todo jogador trabalha para jogar grandes jogos. Quem temer Corinthians, Santos, Flamengo, não pode estar na Série A. O Ceará lutou muito para estar na Série A e este é o momento de desfrutar. Vamos trabalhar firme, com muita responsabilidade, mas com muita confiança, pois temos tudo para fazer um ano espetacular".

Um dos pilares da defesa alvinegra, o goleiro Éverson, espera uma competição difícil, mas segura. "Fomos campeões estaduais e isso nos dá muita confiança para a temporada. O nível vai subir muito agora, vamos jogar com grandes equipes e estamos muito motivados. Nós trabalhamos para chegar até aqui e disputar a Série. Era um sonho meu, do elenco, da torcida, de todos do clube. Por isso temos que confiar no trabalho, em uma boa campanha. Nosso grupo tem muita motivação e foco".

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.