Coluna

Verdinha na Rússia: favoritismo da França

00:00 · 14.07.2018

Não só pela tradição, pelo peso da camisa ou pelos jogadores, mas a França é favorita porque tem a melhor campanha e eliminou os adversários mais difíceis durante sua trajetória na Copa do Mundo. Se não bastasse, chega a esta decisão com um peso enorme nas costas por ter perdido a Euro dois anos atrás em casa e para alguns críticos é até obrigação levantar a taça de campeão. Resta aguardarmos para domingo.

Por fora

A Croácia chega à decisão como um "franco-atirador". Se não bastasse a força do adversário, os croatas veem de uma maratona com três prorrogações consecutivas. Por essas e outras, ainda vai jogar sem um grande fardo nas costas e com aquela ideia. Se perder, já chegou onde ninguém imaginava. Se vencer, estará no apogeu como a maior surpresa de uma Copa do Mundo em todos os tempos. A expectativa é grande entre os croatas.

Camisa 10

O número da vestimenta que consagrou Pelé e Maradona, terá uma grande oportunidade de voltar ao seu merecido lugar. Mbappé e Modric são dois grandes astros desta Final de Copa do Mundo e podem mais uma vez eternizar a camisa 10 com uma bela atuação e o título de campeão.

Bem diferente do que aconteceu nas últimas copas, quando Messi, em 2014, Sneijder, em 2010, e Zidanne, em 2006, padeceram.

Chuteira de Ouro

Harry Kane tem tudo para neste sábado confirmar a artilharia da Copa do Mundo e entrar para a história. Depois de marcar 57 gols na temporada 2017 e marcar de vez seu nome no futebol inglês, agora o camisa 9 só precisa manter a liderança com os seis tentos marcados na Rússia e se eternizar no topo do Mundial. Kane ainda pode lutar para igualar o feito de Ronaldo, maior artilheiro deste século da Copa, com oito gols em 2002.

Imagem arranhada

Depois da derrota para a Bélgica, muitos torcedores nos questionam aqui na Rússia sobre o que aconteceu para o Brasil ter sido desclassificado de maneira precoce.

O curioso e hilário é que alguns torcedores mais exaltados, ao perceberem que somos jornalistas brasileiros, acham graça e se jogam no chão, numa clara referência a Neymar. Infelizmente, essa é a imagem que muitos vão ficar do futebol pentacampeão.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.