seleção brasileira

Todos observados

Sem exigir muito dos titulares, foco de Tite foi observar desempenho dos atletas que estão na reserva da Seleção

00:00 · 13.06.2018
Image-0-Artigo-2413211-1
O treino desta terça-feira foi aberto ao público em virtude de uma exigência da Fifa, que obriga a realização de um trabalho desse tipo ( FOTO: CBF )

O primeiro treino da Seleção Brasileira em Sochi não exigiu esforço dos titulares de Tite. No Estádio Slava Metreveli, os jogadores que começaram jogando o amistoso contra a Áustria participaram apenas de um leve trabalho físico, frustrando os torcedores presentes ao trabalho aberto ao público.

Dos 23 jogadores convocados por Tite, apenas Fred não foi a campo, pois ainda está em recuperação de lesão. Mas praticamente foi como se os principais jogadores nem tivessem treinado, pois apenas se aqueceram e realizaram um trabalho físico nesta terça em Sochi. Assim, o primeiro trabalho deles em solo russo, de fato, ficou para esta quarta-feira (13).

Reservas

Já os reservas de Tite tiveram que se esforçar um pouco mais. Enquanto o treinador mais observava a atividade, os seus auxiliares comandaram um trabalho de ataque contra defesa e que também envolveu os três goleiros à disposição do técnico, incluindo o titular Alisson. O preparador físico Fábio Mahseredjian, por sua vez, conversava constantemente com o meia Renato Augusto, que perdeu diversos treinos da seleção na preparação para a Copa por causa de uma inflamação no joelho.

Além disso, a atividade foi acompanhada por Coronel Nunes, presidente em exercício da CBF, e Rogério Caboclo, presidente eleito. Dos bancos de reservas do Estádio Slava Metreveli, eles observaram os jogadores darem "ovadas" no lateral-direito Fagner, que completou 29 anos na última segunda-feira, e no meia Philippe Coutinho, que fez 26 nesta terça.

O meia Fred foi a baixa. O jogador recém-contratado pelo Manchester United se recupera de um problema no tornozelo direito. Ele permaneceu no hotel e não pôde se juntar aos demais companheiros.

Presença de público

O treino desta terça-feira foi aberto ao público em virtude de uma exigência da Fifa, que obriga a realização de um trabalho desse tipo durante a fase preparatória para a Copa do Mundo, sendo que esta foi uma terça de feriado no país - Dia da Rússia. A equipe dirigida por Tite voltará a trabalhar na quarta, em mais uma etapa da preparação para a estreia na Copa, domingo, diante da Suíça, em Rostov.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.