fortaleza

'Time do DM' dará apoio para reação

00:00 · 11.09.2018
Image-0-Artigo-2451525-1
O centroavante Wilson passou cerca de duas semanas se recuperando de uma torção no tornozelo direito, mas está apto para jogar ( FOTO: JL ROSA )

Sem vencer há três jogos no Campeonato Brasileiro da Série B (3a1 para o Goiás, 2 a 2 com o Figueirense/SCe 2 a 0 para o Criúma/SC ), o Fortaleza tem dois caminhos para retomar a competitividade da equipe: utilizar os reforços apresentados no último dia de ontem, o goleiro Gabriel Félix, de 23 anos, do Vasco; o atacante Rodolfo, de 26 anos e o lateral-direito Diego Tavares, de 27 anos.

Outra alternativa é recuperar os atletas que estão ausentes da equipe, por conta de lesões musculares de diversas origens. De sete jogadores que desfalcaram o grupo no último jogo, frente ao Criciúma, dois deles estão aptos: o centroavante Wilson e o zagueiro Adalberto, que ontem treinaram normalmente em um ensaio com bola no CT Ribamar Bezerra, em Maracanaú.

Recuperados

O centroavante Wilson já cumpriu os dias de tratamento de uma torção no tornozelo direito, ao passo que o zagueiro Adalberto recuperou-se de dores lombares, que haviam travado sua coluna. Ambos já treinaram com bola e poderão ficar à disposição para o jogo da próxima sexta-feira, às 12h30 contra o Sampaio Corrêa/MA, no estádio Castelão de São Luís.

O Tricolor ficou com sete jogadores em tratamento médico durante os últimos jogos, mas aos poucos alguns deles estão melhorando. Os volantes Nenê Bonilha e Anderson Uchôa, fizeram trabalho à parte com o fisioterapeuta Albino Luciano. Bonilha está com um nível de recuperação mais adiantado que Uchôa.

O meia Marlon, com uma lesão na coxa e o goleiro Matheus Inácio, que fez cirurgia no joelho, continuam lesionados.

O volante Jean Patrick, com dores na região do púbis, ainda continua em reabilitação, o que o deve deixar de fora da partida contra o Sampaio Corrêa/MA.

"Os jogadores que estão se recuperando darão novas opções ao técnico Rogério Ceni, para que possa montar o grupo que vai para o Maranhão", disse o presidente tricolor, Marcelo Paz, em entrevista coletiva.

No início da noite de ontem, o executivo de futebol, Sérgio Papellin, apresentou o atacante Rodolfo e o lateral-direito Diego Tavares. Rodolfo é atacante de lado de campo e já havia figurado nos planos do Leão em outros momentos, mas agora deu certo, o mesmo acontecendo com o lateral Diego. "Estou muito feliz em estar aqui e vou jogar aonde o Rogério Ceni quiser", disse Rodolfo. "Tenho como característica o apoio pelas laterais e estou pronto para jogar", disse Diego.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.