ferroviário

Superação coral

Nos braços da torcida, técnico Marcelo Vilar e atacante Edson Cariús comentam sobre caminhada do acesso

A campanha na Série D do Ferroviário até o acesso contou com o apoio da torcida em partidas dentro e fora de casa. O time agora luta pelo título na divisão ( FOTO: REINALDO JORGE )
00:00 · 14.07.2018 por Irailton Menezes - Repórter
Em visita ao Diário, treinador e jogador seguraram a edição do Jogada sobre o acesso ( FOTO: SAULO ROBERTO )

Foram 12 jogos até alcançar o principal objetivo da temporada: o acesso à Série C do Campeonato Brasileiro. Da estreia coral diante do Cordino, no dia 22 de abril, ao jogo decisivo contra o Campinense, ocorrido na última segunda-feira, o Tubarão da Barra viveu de tudo um pouco, na competição nacional.

Personagens da campanha vitoriosa, o técnico Marcelo Vilar e o atacante Edson Cariús estiveram na redação do Diário do Nordeste e falaram sobre momentos que marcaram a trajetória do acesso. O último deles, a cobrança de pênalti que definiu a classificação do Ferrão, diante do Campinense, não sai da cabeça do artilheiro do Ferrão. "Naquele momento eu cheguei para os meus companheiros e disse que eles poderiam ficar tranquilos, pois eu iria converter a cobrança e classificar nosso time. Estava muito confiante, bati bem, fora do alcance do goleiro deles", disse Edson Cariús.

A tranquilidade do artilheiro do Ferroviário pode ser explicada no trabalho feito pelo técnico Marcelo Vilar nos treinos e nos momentos decisivos. Atento a todos os detalhes, Marcelo enfatiza que o fator psicológico é precioso. "Sempre procuro passar confiança para os meus atletas. Trabalhar a mente é fundamental. E quando você tem um grupo qualificado, como é esse do Ferroviário, facilita do jogador assimilar o que passamos. Eu senti muito foco e muita concentração do grupo".


Em poucas palavras, Vilar relembrou, precisamente, o que o fez aceitar o convite para dirigir o Ferroviário na Série D e chegar ao objetivo do acesso. "Vi que o grupo era bom, que tinha condições de chegar lá (ao acesso) e aceitei o convite. Graças a Deus o trabalho foi coroado", explicou.

O acesso foi conquistado, mas o elenco coral não quer parar por aí, pois na próxima segunda-feira (16) a equipe volta a campo para encarar o São José/RS, pelo jogo de ida da semifinal da Série D. O atacante Edson Cariús reforça o sentimento de seus companheiros. "Chegar à decisão e brigar pelo título é muito importante para nós jogadores e para o clube", finalizou.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.