Ceará

Sem medo de desafio

Leandro Carvalho é apresentado pelo Vovô e retorna com discurso otimista, acreditando na reação na Série A

00:00 · 13.07.2018 por Vladimir Marques - Repórter
Image-0-Artigo-2426361-1
Leandro Carvalho já treina no Ceará e afirmou estar pronto para jogar, caso Lisca precise já para quarta-feira contra o Sport, no PV, no retorno da Série A ( FOTO: KID JÚNIOR )

O atacante Leandro Carvalho foi apresentado oficialmente ontem pelo Ceará com um discurso otimista e sem medo de desafios. O atacante, vindo do Botafogo/RJ após rápida passagem, retorna ao Vovô com a árdua missão de ajudar o clube a sair da última colocação na Série A e mantê-lo na elite para o ano que vem.

> Vovô vai homenagear meninos tailandeses

Indagado se a situação do clube na Série A assusta - com apenas 5 pontos e nenhuma vitória em 12 rodadas - bem diferente da campanha do acesso vivida com ele na Série B do ano passado, Leandro Carvalho foi direto: "O Ceará tem uma história de superação, por isso a gente precisa sempre estar com cabeça erguida e tirar o clube dessa situação. Para mim não assusta, pois temos jogadores para fazer isso e eu chego para ajudar, para lutar junto. O campeonato é longo, tem muitas rodadas pela frente e times que estão em cima podem descer e quem está embaixo pode reagir", disse ele.

Quando Leandro chegou ao clube em 2017, o Ceará estava lutando pelo acesso para a Série A e conseguiu o objetivo. Hoje com o clube em situação complicada na Série A, na última colocação, 7 pontos de deixar o Z-4, o atacante comparou as duas situações, as colocando no mesmo nível de dificuldade.

"Não tem segredo nenhum. Para mim a dificuldade é a mesma. A diferença é que a Série B é correria e a Série A mais técnica. Na Série A não se pode errar muito, pela qualidade. Foi difícil subir o Ceará, lutamos muito para isso e se manter na Série A também tem sua dificuldade. Mas não podemos transformar isso em algo maior que é. Vamos buscar uma arrancada", disse.

Após conquistar o acesso, o clube queria sua permanência, mas o staff do jogador preferiu aceitar a proposta do Botafogo. Com poucas chances no time carioca, Leandro não pensou duas vezes em retornar ao Ceará, clube que o acolheu após período conturbado no Paysandu.

"O torcedor pode esperar o mesmo Leandro, com muita vontade, garra e honrando a camisa. Eu criei amor por essa camisa, por tudo que fizeram por mim. Esse elenco é muito bom e a torcida pode esperar o mesmo Leandro. A passagem pelo Botafogo me deu experiência, não foi como eu queria, e chego motivado para ajudar o Ceará na Série A", explicou o jogador.

Reestreia

No Bota, Leandro operou o joelho no fim de abril, mas afirma estar pronto para jogar, caso Lisca precise já para quarta-feira, 18, contra o Sport, no PV, pela 13ª rodada da Série A.

"Eu já estou treinando, dando o meu melhor e já à disposição do treinador. Se o Lisca me levar, eu vou procurar dar meu máximo. Se não, vou continuar treinando, aprimorando, para quando jogar, ajudar o Ceará".

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.