Ceará

Segue o que deu certo

Contra o Vitória/BA, no sábado, Vovô poderá repetir formação que fez um dos melhores jogos da competição

00:00 · 14.09.2018 por Irailton Menezes - Repórter
Image-0-Artigo-2452791-1
Na última vez que jogou em casa, o Vovô foi bem superior ao Corinthians e vence com tranquilidade ( FOTO: JL ROSA )

Repetir a equipe que fez um dos melhores jogos na Série A do Campeonato Brasileiro e conquistar mais um resultado positivo para sair da incomoda zona de rebaixamento. Esta é o objetivo do Ceará na partida desta sábado, diante do Vitória/BA, às 16 horas, na Arena Castelão.

Com os retornos do goleiro Éverson e do atacante Leandro Carvalho, que cumpriram suspensão, o técnico Lisca poderá repetir a mesma formação que venceu o Corinthians, no último dia 5, por 2 a 1, em jogo que o Vovô demonstrou grande superioridade. A equipe que foi a campo na ocasião foi: Éverson, Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio e Felipe Jhonathan; Edinho, Richardson, Calyson, Leandro Cravalho e Juninho Quixadá; Arthur.

Para se ter uma ideia, foram 17 chances de gol criadas pelo Alvinegro, que também acertou 75% dos passes, assim como 18 disputas vencidas em bolas aéreas. São números que deixaram o técnico Lisca satisfeito e fazem parte do novo momento do Vovô, que já não perde há três jogos. Mas o fato de enfrentar o Vitória, atual 12º colocado, com 29 pontos, requer uma atenção maior dos atletas, já que a equipe baiana tem o mesmo propósito do Ceará, que é se garantir na Série A em 2019.

"É exatamente isso. Quando enfrentamos um adversário do mesmo nível o jogo tende a ficar mais tenso, mais tático. Os times não querem se expor muito. Flamengo e Corinthians foram surpreendidos, pois não esperavam a gente jogar da maneira que vínhamos jogando. Já contra o Vitória vai ser diferente, assim como foi contra o América/MG. Quem está próximo, lutando pelo mesmo objetivo, acaba tendo uma força e uma vontade maior", explicou o atacante Juninho Quixadá.

Mas para chegar ao objetivo, que é vencer, Juninho também admite, ao mesmo tempo, que o Alvinegro deve ter uma postura agressiva, assim como foi contra o gigante paulista, no Castelão. "Temos que ter sempre ousadia, atitude para buscar, e não ficar esperando. É atacar, mesmo se expondo, mas se você está em casa, não podemos esperar a iniciativa deles", finalizou.

O resultado positivo contra o Vitória pode tirar o Ceará do Z-4, desde que o Vasco (16º com 24 pontos) não vença o Flamengo, também no sábado, em Brasília, e o Botafogo (15º com 26) perca ou empate no domingo, com o América/MG.

Outro resultado que pode ajudar o Alvinegro de Porangabuçu é um novo tropeço do Sport/PE (17º com 24), que enfrenta o Corinthians, fora de casa, também no domingo.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.