Porangabuçu

Sede do Alvinegro é alvo de pichação

00:00 · 04.05.2018
Image-0-Artigo-2395863-1
Elenco e diretoria foram alvo das críticas em forma de pichação na sede do Ceará ontem ( FOTO: VC REPÓRTER )

Mais um clube brasileiro virou alvo, na manhã de ontem, da 'ação da moda' entre torcedores que estão insatisfeitos com o rendimento dos times. A sede do Ceará Sporting Club, na Avenida João Pessoa, em Porangabuçu, amanheceu pichada.

> Ricardinho quer outra postura 

O alvo das críticas é a diretoria do clube, principalmente na figura do presidente Robinson de Castro. O elenco também foi alvo das manifestações. O Ceará atravessa um momento de questionamento, principalmente após a derrota por goleada contra o Flamengo, em plena Arena Castelão lotada. O Vovô tem apenas um ponto conquistado em 9 disputados.

A assessoria de comunicação do Ceará informou que o clube não irá se manifestar sobre o ocorrido. Nas redes sociais, em perfis de torcidas oficiais do Alvinegro, muitos torcedores desaprovaram a ação, classificando-a como vandalismo.

Nota

A Cearamor, principal torcida organizada do Ceará, tanto não assumiu a autoria dos protestos, como condenou os atos.

Confira a nota da maior torcida organizada do clube: "A Torcida Organizada Cearamor não compactua com protestos que desrespeitam a instituição e depredam o patrimônio do Clube. As reivindicações são legítimas, mas devem ser feitas da maneira correta. Nessa semana, tivemos uma reunião com diretoria de futebol para cobrar mudanças em campo. A nossa parte já foi feita. Vamos esperar os resultados. A cobrança deve existir sempre, mas da maneira correta".

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.