INVESTIMENTO

Rússia já gastou R$ 38,3 bilhões com a Copa do Mundo

00:00 · 27.04.2018
Image-0-Artigo-2393241-1
A Rússia gastará ainda mais dinheiro do que o Brasil desembolsou para poder abrigar a Copa de 2014. O Brasil gastou R$ 25,5 bilhões ( Foto: AFP )

O Comitê Organizador Local (COL) da Rússia para a Copa do Mundo de 2018 divulgou o seu último informe oficial de gastos previstos para receber a grande competição, que começará no próximo dia 14 de junho, e confirmou oficialmente um orçamento total de 683 bilhões de rublos (cerca de R$ 38,3 bilhões, na cotação atual).

No mesmo relatório, o COL afirmou que o evento gerou a criação de cerca de 220 mil empregos a pessoas envolvidas com os mais diversos setores para que o Mundial possa ser realizado com sucesso.

Desta forma, a Rússia gastará ainda mais dinheiro do que o Brasil desembolsou para poder abrigar a Copa de 2014. Um relatório final, divulgado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) em dezembro daquele ano, confirmou um custo total de R$ 25,5 bilhões, sendo que, deste montante, R$ 7 bilhões foram gastos em obras de mobilidade urbana e R$ 8 bilhões em estádios. Já as obras relativas a aeroportos custaram R$ 6,2 bilhões e as realizadas no entorno das arenas despenderam R$ 996 milhões.

Apenas com a infraestrutura esportiva do evento, a Rússia gastará o equivalente a R$ 14,9 bilhões. Além dos gastos com os 12 estádios que abrirão os jogos da competição, os russos também fizeram investimentos em 95 bases de treino.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.