fortaleza

Reconstrução, já

Diretoria do Fortaleza se reúne com o Conselho Deliberativo e com Renan Vieira para remontar o Tricolor

Torcedor vive Momento delicado do clube e espera por dias melhores ( Foto: Kid Júnior )
00:00 · 21.04.2017 por Ivan Bezerra - Repórter

Vinte e quatro horas após a eliminação do clube no Campeonato Cearense, a diretoria do Fortaleza fez uma reunião às pressas para reconstruir a agremiação.

Reunidos na clínica do segundo vice-presidente, Evangelista Torquato, os dirigentes e conselheiros foram tratar de assuntos imediatos do Leão, para reagir logo e preparar o caminho para a Série C do Brasileiro.

Presidente do tetra

O presidente Jorge Mota convidou o ex-presidente, Renan Vieira, que pode se incorporar à diretoria atual, para dar um apoio, não apenas financeiro, mas de trabalho e ideias. Pagar os salários atrasados dos profissionais é uma das prioridades.

Estiveram na reunião, Jorge Mota, Ênio Mourão, Evangelista Torquato, Marcello Desidério (presidente do Conselho Deliberativo), Flávio Novais, Fabiano Barreira, representante do patrocinador, Renan Vieira e outros dirigentes.

Renan disse que está propenso a colaborar, de tal modo que sua diretoria, que perdeu as eleições para Jorge Mota, pode se fundir com a de Mota, para tornar o Leão mais forte.

"Fiquei surpreso com o convite para a reunião, logo 24 horas após a eliminação. O Jorge Mota vai me apresentar um diagnóstico de como se encontra o clube, financeiramente, para que saibamos onde pisar, caso fechemos um apoio. Mas, a conversa foi muito boa e a meta é fazer uma aglutinação para subir para a Série B", declarou Renan Vieira.

Reestruturação

Jorge Mota falou à reportagem, na saída: "Foi uma reunião que nem foi programada, mas no fim, muito proveitosa. Vamos fazer uma reestruturação do Fortaleza como um todo, saber onde há excessos, onde está faltando alguma coisa o que houve para o time não avançar. Vamos fazer uma realocação de cargos, agrupando outros dirigentes para nos ajudar", disse Jorge Mota.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.