CAMPEONATO CEARENSE

Pressa de campeão

03:12 · 07.11.2011
( )
Kinho, do carro 77, venceu as duas baterias da sétima etapa do Cearense de Kart, ocorridas no fim de semana, e sagrou-se bicampeão
Kinho, do carro 77, venceu as duas baterias da sétima etapa do Cearense de Kart, ocorridas no fim de semana, e sagrou-se bicampeão ( Divulgação )
Márcio Donel (Fórmula 400) e Kinho (400 light) ficam com o título antecipado; etapa é marcada por acidente

Com uma atuação impecável dentro da pista, o piloto Marcus Vinícius, o Kinho, conquistou por antecipação o título de campeão cearense de kart, na categoria Fórmula 400 Light, em prova disputada na tarde do último sábado, no Kartódromo Júlio Ventura, no Eusébio. Na categoria principal, a Fórmula 400, o título foi para Márcio Dobel.

Na largada da primeira bateria, Kinho saltou da quarta para a segunda posição e iniciou uma disputa pela ponta com o piloto Márcio Dobel. A briga pelo primeiro posto durou toda a bateria e, faltando apenas uma volta para o final, Kinho superou o adversário, para delírio da torcida que o acompanhava nas arquibancadas do kartódromo.

O resultado se repetiu na segunda bateria. Com a nova vitória, Kinho garantiu o título e se tornou bicampeão cearense.

"Estou muito feliz pela conquista. Quero agradecer aos companheiros de equipe, que me ajudaram a acertar o kart e trabalharam duro o ano inteiro. Procurei fazer minha parte na pista e estou feliz por conquistar esse título faltando ainda mais uma etapa do campeonato", disse o jovem campeão, que volta às pistas no próximo fim de semana para disputar a Copa Nordeste de Kart, em Aracaju/SE.

Susto

A segunda bateria terminou antes do previsto. A direção da prova encerrou a 7ª etapa, o que fez com que prevalecesse o resultado da volta anterior ao acidente envolvendo Márcio Dobel e Breno Almeida. Os dois disputavam a 3ª posição da bateria.

Os pilotos acabaram se tocando e o kart de Breno capotou. Como consequência, seu bólido tombou sobre o piloto.

Socorrido no local, Breno permaneceu no chão e recebeu os primeiros socorros na pista.

Em seguida, o piloto foi transferido para o hospital da Unimed, onde foram realizados exames de raio-x e tomografia, diagnosticando fratura da clavícula. Após ser medicado, o piloto recebeu alta e está em sua casa.

Durante a comemoração, Kinho lembrou do companheiro acidentado: "queria, neste, momento, desejar ao Breno Almeida uma boa recuperação, pois ele foi um grande adversário e valorizou muito esse título".

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.