jogando em casa

Palmeiras é superior e derrota Corinthians

00:00 · 10.09.2018
Image-0-Artigo-2451083-1
Cinco meses depois de polêmica final do Campeonato Paulista, o Palmeiras conseguiu se recuperar das seguidas derrotas para o rival ( FOTO: PALMEIRAS )

Se os grandes clássicos são marcados por personagens, o encontro deste domingo entre Palmeiras e Corinthians foi o de Deyverson. O antes criticado e vaiado atacante foi desta vez herói e marcou o gol da vitória palmeirense por 1 a 0 sobre o rival no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro, em resultado que marcou a primeira partida do treinador Jair Ventura no comando corintiano.

A partida poderia ser resumida em ataque contra defesa. O Palmeiras formado apenas por três titulares dos jogos recentes (Weverton, Felipe Melo e Dudu) lutou, criou e buscou o gol o tempo todo contra um Corinthians em reformulação. A troca de treinador nesta semana, com a saída de Osmar Loss, deixou a equipe apenas com a ambição de se defender e manter o empate sem gols.

O desejo do Palmeiras de voltar a vencer o rival e a estreia do técnico Jair Ventura no Corinthians não fizeram o clássico ser movimentado. Pelo contrário. No começo, muitas faltas, preocupação com a marcação, passes errados e poucas chances de gol. O time alvinegro conseguiu se reorganizar na defesa como há tempos não se via e demorou para começar a ser pressionado.

O técnico Luiz Felipe Scolari decidiu ousar para o segundo tempo. Diante de um Corinthians totalmente dedicado a se defender, tirou o volante Thiago Santos e colocou o meia Moisés para ter mais opções de criação e aumentar a pressão sobre o rival. O Palmeiras ganhou mais repertório para trocar passes e, de tanto insistir, o gol saiu aos 11 minutos. Marcos Rocha cruzou para Deyverson se desmarcar e tirar de Cássio.

A vantagem deixou a partida mais movimentada, finalmente, tanto no futebol como nas discussões. O Corinthians fez logo as três substituições para buscar o empate e o Palmeiras encontrou mais espaços. Dudu quase fez um gol histórico após driblar vários adversários e chutar no travessão. O time alvinegro queria reagir, mas esbarrava na própria limitação técnica e pouco ameaçava.

Fluminense vence

No Clássico Vovô, o mais antigo do Brasil e disputado desde 1905 o Fluminense levou a melhor ao vencer o Botafogo por 1 a 0, no Maracanã. Na parte final do jogo, o Botafogo perdeu um pênalti cobrado por Rodrigo Lindoso e defendido por Rodolfo. No histórico de 355 confrontos, agora o Fluminense contabiliza 128 vitórias, contra 120 do rival e 106 empates.

Com o resultado, o Fluminense quebrou uma série de três jogos sem vitória, chegando aos 31 pontos e ganhando fôlego na sua luta para se afastar da incômoda zona do rebaixamento. Mais próximo a ela está o Botafogo, agora em jejum de três jogos, e com apenas 26 pontos.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.