Tênis

WTA confirma Pliskova como nova nº 1 e Muguruza em 5º; Bia salta 16 posições

Vindo de boas campanhas na maior parte dos torneios que disputou neste ano, a checa desbancou a alemã Angelique Kerber e a romena Simona Halep

WTA confirma Pliskova como nova nº 1 e Muguruza em 5º; Bia salta 16 posições ( Foto: ATP )
13:03 · 17.07.2017 por Estadão Conteúdo

Mesmo eliminada na segunda rodada de Wimbledon, a checa Karolina Pliskova somou pontos suficientes na grama de Londres para assumir a liderança do ranking da WTA nesta segunda-feira. Ela ganhou duas posições e ascendeu ao topo pela primeira vez na carreira. Campeã em Wimbledon, a espanhola Garbiñe Muguruza subiu para o 5º posto e a brasileira Beatriz Haddad Maia foi um dos destaques da lista, ao dar um salto de 16 posições. 

Tenista mais regular da temporada, Pliskova contou com os poucos pontos que obteve em Wimbledon e com a queda das rivais para subir ao topo. Vindo de boas campanhas na maior parte dos torneios que disputou neste ano, a checa desbancou a alemã Angelique Kerber e a romena Simona Halep. 

Kerber caiu da primeira para a terceira colocação, enquanto Halep sustentou a segunda. A romena deve brigar com Pliskova pelo topo nas próximas semanas, afinal apenas 185 pontos separam as duas tenistas. Halep, inclusiva, desperdiçou em Wimbledon a segunda grande chance de assumir a liderança. Ela foi eliminada nas quartas e precisava de só mais uma vitória para garantir o topo.

Outro destaque do Top 10 foi a britânica Johanna Konta. Após ser batida somente nas semifinais, em sua melhor campanha em Wimbledon, diante da torcida, a tenista da casa ganhou três posições e subiu para o quarto lugar, sua melhor posição da carreira. Ela está logo à frente de Garbiñe Muguruza, a nova campeã de Wimbledon - ela já foi número dois do mundo. 

A ucraniana Elina Svitolina e a dinamarquesa Caroline Wozniacki perderam uma posição cada, enquanto a russa Svetlana Kuznetsova sustentou a oitava colocação. Já a norte-americana Venus Williams voltou ao Top 10, ao ser vice em Wimbledon. Ocupa agora o nono posto. A polonesa Agnieszka Radwanska sustentou a décima posição. 

Duas das principais tenistas dos últimos anos, a norte-americana Serena Williams e a checa Petra Kvitova deixaram o Top 10. Serena, grávida, não defendeu os pontos do título de Wimbledon obtido no ano passado. Assim, perdeu 11 posições. É agora a 15ª do mundo. Logo à frente está Kvitova, em 14º, após perder duas colocações. 

Bia Haddad obteve nesta segunda seu melhor ranking da carreira. Ao dar um salto de 16 posições, ela subiu para a 81ª colocação. A grande ascensão se deve à vitória que obteve em Wimbledon. Agora ela tentará sustentar a boa colocação, dentro do Top 100, para garantir a entrada direta na chave principal do US Open, quarto e último Grand Slam da temporada, no fim de agosto. 

Confira a lista das 20 primeiras colocadas do ranking:

1.º - Karolina Pliskova (RCH), 6.855 pontos

2.º - Simona Halep (ROM), 6.670

3.º - Angelique Kerber (ALE), 5.975

4.º - Johanna Konta (ING), 5.110

5.º - Garbiñe Muguruza (ESP), 4.990

6.º - Elina Svitolina (UCR), 4.935

7.º - Caroline Wozniacki (DIN), 4.780

8.º - Svetlana Kuznetsova (RUS), 4.500

9.º - Venus Williams (EUA), 4.461

10.º - Agnieszka Radwanska (POL), 3.985

11.º - Dominika Cibulkova (ESL), 3.710

12.º - Jelena Ostapenko (LET), 3.530

13.º - Kristina Mladenovic (FRA), 3.155

14.º - Petra Kvitova (RCH), 3.135

15.º - Serena Williams (EUA), 2.810

16.º - Madison Keys (EUA), 2.353

17.º - Anastasija Sevastova (LET), 2.235

18.º - Anastasia Pavlyuchenkova (RUS), 2.160

19.º - Elena Vesnina (RUS), 2.121

20.º - Caroline Garcia (FRA), 1.955

81.º - Beatriz Haddad Maia (BRA), 739

312.º - Paula Gonçalves (BRA), 142

326.º - Teliana Pereira (BRA), 129

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.