Orgulho Inglês

'Vencemos desafios que assombravam a Inglaterra', diz Harry Kane

A Inglaterra caiu para a Croácia na semifinal, após levar gol da virada no início do segundo tempo da prorrogação

15:51 · 12.07.2018 por Folhas Press
kane
Kane sai da Copa como o artilheiro com 6 gols, sendo 3 de pênaltis e 1 de cabeça. ( Foto: AFP )
O sonho de levar a Inglaterra a uma final de Copa do Mundo pela primeira vez, desde o título de 1966, terminou na quarta-feira (11). Entretanto, apesar da derrota por 2 a 1 para a Croácia na semifinal, a delegação sai satisfeita da Rússia. Pelo menos foi esta a visão apresentada pelo centroavante Harry Kane, um dos protagonistas da campanha inglesa na competição.
 
Artilheiro do torneio com seis gols, às vésperas do último jogo - a Inglaterra encara a Bélgica no sábado (14), às 11h (de Brasília), pelo terceiro lugar -, o atacante usou o Twitter para agradecer o apoio dos torcedores e ainda valorizou os feitos desta delegação durante a competição.
 
"Muitas emoções. Primeiro, quero dizer que estou muito orgulhoso deste time e desta delegação por darem tudo neste longo período juntos. Conseguimos superar muitos desafios que assombravam a Inglaterra no passado", afirmou o centroavante goleador, elogioso com a torcida.
 
"Nos reconectamos com nossos maravilhosos torcedores e aproveitamos juntos essa incrível experiência. Não foi o resultado que queríamos e, por mais doloroso que seja, tenho certeza que aprenderemos muito sobre o jogo de ontem (quarta-feira) de noite", acrescentou Harry Kane, que pede "cabeça erguida".
 
"É tempo agora de ter a cabeça erguida como nação e sentir orgulho um do outro. Estou animado de fazer parte deste time e ter o desafio de melhorar ainda mais. Obrigado por todo o apoio", encerrou.
 
Entre os fantasmas superados pela Inglaterra, esta delegação conseguiu a primeira vitória em disputa dos pênaltis da história da seleção em Copas do Mundo, ocorrida nas oitavas de final contra a Colômbia.
 
Kane e companhia ainda devolveram a Inglaterra a uma semifinal de Copa do Mundo, quebrando um jejum de 28 anos. A última vez do English Team entre os quatro melhores de um Mundial ocorreu em 1990, na Itália.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.