Campeonato Brasileiro

Vaga na Copa Libertadores é meta de Luis Fabiano no Vasco

O Vasco pode ir a campo contra o Palmeiras com uma formação de time diferente devido a suspensões, contusões e saídas de jogadores

15:56 · 12.08.2017 / atualizado às 16:00 por Estadão Conteúdo
Luis Fabiano
O jogo conta alviverdes será neste domingo (13), às 16h. ( FOTO: CRVG )
O atacante Luis Fabiano revelou em entrevista ao site do clube que a meta da equipe cruzmaltina é obter uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores. O atacante volta a jogar pelo Vasco diante do Palmeiras, neste domingo (13), às 16 horas, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), pela 20.ª rodada do Campeonato Brasileiro.
 
Para o duelo contra o time alviverde paulista, o técnico Milton Mendes deverá colocar em campo uma formação diferente devido a vários fatores: suspensões, contusões, saída de jogadores e opção da comissão técnica. Além do retorno do centroavante Luis Fabiano, o treinador poderá contar com o lateral-esquerdo Ramon (recuperado de uma lesão) e do zagueiro Rafael Marques (que cumpriu suspensão automática).
 
Luís Fabiano acredita que o Vasco tem amplas condições de vencer o Palmeiras, clube que goleou a equipe carioca por 4 a 0 no jogo na estreia do Brasileirão, no estádio Allianz Parque, em São Paulo, apesar da diferença entre os times na tabela de classificação do Nacional - o Palmeiras é o quarto, com 32 pontos, enquanto o Vasco ocupa a 12.ª colocação, com 24.
 
"Buscaremos nesse segundo turno ser um time mais forte, até mesmo para que a gente consiga atingir os nossos objetivos, somar o máximo de pontos possível. Um time gigante como o Vasco não pode pensar em brigar na parte de baixo da tabela, mas sim em coisas maiores. Esse é o nosso objetivo. Pensar lá em cima, brigar lá em cima, e, se Deus quiser, garantir uma vaga na Libertadores", planejou o centroavante..
 
Para o jogador, "é simples apontar o que temos que mudar em relação ao jogo do primeiro turno. Nesse tipo de partida não pode haver bobeira, tem que entrar com concentração máxima. Não estávamos fazendo um má partida, mas demos bobeira e acabamos sendo goleados. Temos isso como lição. Temos entrar ligados desde o começo do jogo para fazer uma grande partida e levar os três pontos".

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.