Confiante

Thiago Santos defende estilo do Palmeiras: 'Não importa se joga feio'

O volante é um dos jogadores mais elogiados por Felipão, que o chama de "Cachorrão" pela capacidade do volante em desarmar

15:43 · 11.09.2018 por Agência Estadão
Thiago Santos
Thiago Santos e Gustavo Gómez, do Palmeiras, brigam por bola área com Roger, do Corinthians. ( Foto: SE Palmeiras / Divulgação )

O volante Thiago Santos, do Palmeiras, afirmou, nesta terça-feira (11), que o elenco não se importa em dar espetáculo ou demonstrar um futebol vistoso nos jogos. Em entrevista na Academia de Futebol, o jogador explicou que o time tem procurado primeiramente aprimorar a defesa, ter organização tática e conquistar bons resultados, sem se preocupar em jogar bonito.

Segundo o palmeirense, o técnico Luiz Felipe Scolari tem ajudado o time a fixar essa proposta. "O Felipão cobra estar organizado. Não tomando gol, com certeza aumenta a chance de não perder. Temos que jogar seguros. Não importa se joga feio, o importante é ganhar. Estamos batendo nessa tecla de não tomar gol", comentou Thiago Santos em entrevista coletiva.

Desde a chegada do técnico, o time atuou 11 vezes e sofreu apenas dois gols. A equipe faz a melhor campanha do segundo turno do Campeonato Brasileiro, está nas quartas de final da Copa Libertadores e nesta quarta começa a decidir vaga na final da Copa do Brasil. O adversário no Allianz Parque pela semifinal será o Cruzeiro, com o primeiro encontro em São Paulo.

Thiago Santos é um dos jogadores mais elogiados por Felipão, que o chama de "Cachorrão" pela capacidade do volante em desarmar. "O Felipão que me chama assim. É legal. Ele brinca com todo mundo, não só comigo. A vinda dele foi muito boa, deixou todo mundo feliz. E é difícil deixar todo mundo feliz com um grupo tão bom como o nosso", comentou.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.