exame atesta positivo

"Sou inocente", diz Pedro Ken sobre o caso de doping

Volante alvinegro foi flagrado em exame antidoping por uso de substância ilegal, na Série B de 2017, e está suspenso preventivamente

18:00 · 08.05.2018 / atualizado às 20:15
pedroken
Pedro Ken, em entrevista à TV DN, mencionou a importância da torcida do Ceará como um dos fatores preponderantes para jogar no Vovô ( Foto: Reinaldo Jorge )

O volante Pedro Ken, do Ceará, afirmou que é inocente e que está passando pelo momento mais difícil da sua carreira. Exame antidoping realizado ainda na Série B de 2017, após jogo do Alvinegro contra o Santa Cruz, detectou uso de substância ilegal por parte do atleta. 

Segundo Pedro Ken, a substância proibida foi encontrada num suplemento manipulado que ele consumia. O Ceará enviou uma contraprova, que também atestou positiva para o uso do elemento. De acordo com sua explicação, o clube sempre indica os suplementos para todos os atletas e esclarece o que é proibido. Neste caso em questão, a defesa do atleta diz que houve contaminação de um produto comprado pelo atleta e que vai esperar o resultado em definitivo da suspensão ou não atleta. 

"Sou inocente. Este está sendo o momento mais difícil da minha vida, tirando o falecimento do meu pai", disse o jogador. Se recuperando de lesão no quadril, Pedro Ken jogou pela última vez no primeiro Clássico-Rei do ano, no dia 4 de fevereiro.

O Ceará recebeu a solicitação de substituição preventiva em fevereiro. E desde desse mês, o atleta não pode fazer uso das instalações do clube. Ainda não existe uma punição em definitiva. 

Tratamento

Como está suspenso, Pedro Ken passa por um longo tratamento no quadril, aproveitando o afastamento do Ceará.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.