SÉRIE B

Ricardinho brilha e Ceará consegue virada sobre Brasil de Pelotas no Castelão

O meia entrou no segundo tempo e fez o gol que decretou a vitória do Alvinegro, aos 31 do segundo tempo

O primeiro gol do Ceará foi marcado por Leandro Carvalho, já no segundo tempo.
21:14 · 23.09.2017 / atualizado às 21:56

O Ceará entrou em campo precisando do resultado e não desperdiçou a oportunidade na Arena Castelão ao bater o Brasil de Pelotas neste sábado (23) por 2 a 1, de virada, em jogo válido pela 25ª rodada da Série B. O gol xavante foi assinalado por Misael, aos 40 do primeiro tempo. Com uma postura completamente diferente na etapa final, os tentos do Alvinegro foram marcados poe Leandro Carvalho, aos 20, e Ricardinho, aos 31.

O resultado acaba com a sequência de dois jogos sem vitória dos comandados de Marcelo Chamusca e recoloca o Alvinegro na briga pelo acesso à Série A, que sobre para a 5ª colocação, agora com 41 pontos, um a menos que o Vila Nova, atual 4º colocado. A próxima partida do Vovô é terça-feira (26) contra o Santa Cruz, às 19h15, no Arruda, em Recife. Enquanto isso, o enredo foi diferente para o Brasil de Pelotas/RS, que fica somente a cinco pontos da zona de rebaixamento. Os gaúchos estão na 11º colocação, com 33 pontos ganhos. O próximo adversário dos Xavantes será o Luverdense, no mesmo dia e horário que o time cearense, só que no estádio Bento de Freitas, em Pelotas.

Jogo

O início do jogo foi marcado por muita posse de bola do Ceará e pouca efetividade. Com três atacantes, o Alvinegro trocava passes, mas não conseguia articular as jogadas. Enquanto isso, o Brasil de Pelotas seguia com seu plano de jogo definido: aproveitar os espaços deixados pelo Vovô e partir em contra-ataque com velocidade.

O primeiro lance surgiu justamente dessa estratégia. Aos 11, o meia Rafinha recebe de Misael, cortou para o meio e finalizou colocado para boa defesa de Éverson. O arqueiro alvinegro também voltou a intervir na partida quando realizou um milagre após novo chute de Rafinha, aos 20 do primeiro tempo.

Apesar das dificuldades na criação, Pedro Ken, aproveitando grande lançamento de Romário, quase abriu o placar para os donos da casa aos 34. O volante recebeu em velocidade e finalizou por cobertura, mas a bola bateu na trave de Eduardo Martini.

Com uma estratégia melhor definida, quem inaugurou o marcador foi o Brasil de Pelotas, aos 40. Misael, aproveitando o bate-rebate dentro da área, mandou para o fundo das redes, em lance que contou com duas defesas de Everson. O gol fez a torcida alvinegra protestar e pedir a entrada de Ricardinho na partida.

Ricardinho entra para mudar o jogo

O técnico Marcelo Chamusca atendeu ao pedido da arquibancada e lançou o meia logo no início da segunda etapa. Com a mexida, o Ceará passou a dominar a partida, neutralizando os xavantes.

Com mais volume de jogo, o gol alvinegro saiu aos 20 minutos da etapa final. Leandro Carvalho aproveitou chute de Cametá e desviou de cabeça para o fundo das redes. O tento inflamou ainda mais a equipe cearense. A virada veio aos 31, com uma pintura de Ricardinho. O meia recebeu passe de Lima e mandou por cobertura, decretando a vitória do Ceará no Castelão. 

Público e renda

Ceará x Brasil/RS:
Público pagante: 6.292
Não pagante: 941
Total: 7.233
Renda: R$ 56.886,00

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.