Masters 1000

Melo e Soares perdem seus jogos e são eliminados no Masters 1000 de Montecarlo

O brasileiro Bruno Melo vinha de grandes resultados pelo Masters 1000. Campeão no torneio de Miami e finalista em Indian Wells

13:26 · 21.04.2017 / atualizado às 13:27 por Estadão Conteúdo
Bruno soares
A dubla deu adeus ao torneio nas quartas de final ( Foto: Reprodução )
Os duplistas brasileiros tiveram um dia para esquecer no Masters 1000 de Montecarlo. Nesta sexta-feira (21), Marcelo Melo e Bruno Soares perderam os seus jogos pelas quartas de final e deixaram a disputa do evento disputado em quadras de saibro. 
 
Melo e o polonês Lukasz Kubot vinham se destacando nos eventos Masters 1000 nesta temporada, tendo sido campeões em Miami e finalistas em Indian Wells. Agora, porém, caíram mais cedo, sendo superados pelos espanhóis Feliciano Lopez e Marc Lopez por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2, em 1 hora e 12 minutos. 
 
O brasileiro e o polonês tiveram um início ruim de jogo, perdendo o saque logo no primeiro game. Depois, não tiveram break points e caíram por 6/4 no primeiro set. Na segunda parcial, os espanhóis conseguiram quebras de serviço no quinto e sétimo games, sustentaram o saque e fecharam o jogo em 6/2. 
 
Já o confronto de Soares foi mais equilibrado. Vice-campeões em Montecarlo no ano passado, o brasileiro e o britânico Jamie Murray perderam para o local Romain Arneodo e o francês Hugo Nys por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 6/7 (3/7) e 10/3, em 1 hora e 36 minutos. 
 
O primeiro set foi facilmente vencido pelo monegasco e pelo francês, que converteram dois break points e salvaram os três do brasileiro e do britânico. Soares e Murray se recuperaram na segunda parcial, vencida no tie-break após cada dupla conseguir uma quebra de saque. Mas sucumbiram no match tie-break, facilmente vencido pelos oponentes por 10/3. 
 
Semifinal definida 
 
Umas das semifinais da chave de simples do Masters 1000 de Montecarlo já está definida e será entre o espanhol Albert Ramos-Viñolas, o número 24 do mundo, e o francês Lucas Pouille, o 17º colocado no ranking da ATP.
 
Ramos avançou nesta sexta ao bater o croata Marin Cilic, o número 8 do mundo, por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 6/7 (5/7) e 6/2, em 2 horas e 32 minutos. O espanhol ganhou os últimos quatro games do terceiro set para assegurar a vitória, mas poderia ter triunfado com mais facilidade, pois liderava o tie-break da segunda parcial por 5/3, mas sofreu a virada. 
 
Já Pouille derrotou o uruguaio Pablo Cueva por 6/0, 3/6 e 7/5 em 1 hora e 57 minutos. No terceiro set, o francês abriu 2/0, permitiu a virada do uruguaio, que fez 5/4, mas depois se impôs para garantir o seu triunfo e a vaga na semifinal em Montecarlo.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.