Marília perde seis pontos por usar jogador irregular - Jogada - Diário do Nordeste

Marília perde seis pontos por usar jogador irregular

Agência Estado | 19h24 | 06.06.2007

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) do Rio de Janeiro tomou uma decisão hoje, que vai interessar diretamente a todos os 20 participantes da Série B do Campeonato Brasileiro. Por três votos a um, a 3.ª Comissão Disciplinar penalizou o Marília com a perda de seis pontos por ter escalado de forma irregular o zagueiro Leandro Camilo, na partida contra o Avaí. O jogo, realizado no Estádio Bento de Abreu e válido pela terceira rodada, foi vencido pelo time paulista por 4 a 3.

O clube foi penalizado com base no artigo 214, que trata de incluir na equipe ou fazer constar da súmula ou documento equivalente atleta que não tenha condição legal de participar de partida, prova ou equivalente do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. A pena é a perda de seis pontos, o dobro de pontos em disputa previstos no regulamento da competição.

Na realidade, o Marília enviou a documentação do jogador à Federação Paulista de Futebol (FPF) junto com os documentos de outros dois atletas: Henrique Ortiz e Rogério Corrêa, ambos escritos no Boletim Informativo Diário (BID). "Foi um erro grave da FPF. A documentação foi enviada, e a falha foi de dentro da federação", disse o advogado do clube, Alex Altimari, que defendeu os interesses do clube. Somente o nome de Leandro Camilo não apareceu no BID.

A argumentação, porém, não convenceu os membros do tribunal. Agora, o Marília tem três dias úteis para recorrer da decisão. Com a punição, o time, que vinha bem na Série B - estava com sete pontos -, fica com apenas um ponto e em situação perigosa. Seu próximo jogo será contra o Santa Cruz, sábado, em Marília.

Comente essa matéria


Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999