Vovô

Marcelo Chamusca é o novo treinador do Ceará

Chamusca, conhecido do futebol cearense, deixou o Paysandu neste domingo (18)

Treinador encerra o trabalho no Paysandu com 56% de aproveitamento ( Fernando Torres/Ascom Paysandu )
15:05 · 18.06.2017 / atualizado às 16:08 por Lucas Ribeiro - Repórter
Marcelo Chamusca tem duas passagens pelo Fortaleza ( Kid Júnior )

O Ceará Sporting Club já tem novo treinador. Marcelo Chamusca, de 50 anos, comandará o Vovô no restante da Série B do Campeonato Brasileiro. Ex-Fortaleza e Paysandu, o baiano substitui Givanildo de Oliveira, que foi dispensado de Porangabuçu após o frustrante empate com o Luverdense pelo placar de 1 a 1, dentro da Arena Castelão, na última sexta (16).

O novo técnico já viaja para Goiânia, onde assiste o confronto do Alvinegro contra o Vila Nova, na próxima terça-feira (20), no estádio Serra Dourada. Na ocasião, o Ceará será liderado pelo auxiliar-técnico Daniel Azambuja. Com Chamusca chegam também o auxiliar técnico Caé Cunha e o preparador físico Roger Gouveia.

Saída do Paysandu

O anúncio desta tarde aconteceu logo após a demissão oficial de Chamusca do Paysandu. O treinador deixou o Papão da Curuzu após o empate sem gols com o líder Juventude, neste sábado (17). Segundo o time de Belém, "o técnico pediu para deixar o clube". A recisão aconteceu "de forma amigável e em comum acordo com a direção".

Chamusca foi anunciado oficialmente pelo Paysandu no dia 30 de novembro do ano passado. À frente da equipe bicolor, o técnico conquistou um título paraense, foi vice-campeão da Copa Verde e se despediu do time na décima colocação na tabela da Segundona, com 11 pontos, mesma pontuação do Ceará.

Ao todo, foram 32 jogos, com 15 vitórias, nove empates e oito derrotas, resultando em um aproveitamento geral de pouco mais de 56% dos pontos disputados.

Passagem pelo Fortaleza

O novo comandante do Ceará tem passagem recente pelo Fortaleza, maior rival do Alvinegro. Foi anunciado em novembro de 2013 no Leão e ficou durante todo o ano de 2014. Naquela temporada, o treinador foi vice-campeão cearense. Já na Série C, foi eliminado nas quartas pelo Macaé.

O segundo trabalho no Tricolor aconteceu em 2015, quando substituiu Nedo Xavier. Chamusca foi o responsável pela conquista do Estadual daquele ano, título que impediu o pentacampeonato do Ceará. Foi novamente eliminado nas quartas de final da Série C, dessa vez para o Brasil de Pelotas.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.