Argentina

Maradona critica cobrança excessiva sobre Messi

Na opinião do ex-jogador, seleção não tem comando técnico

Maradona pediu para não colocarem nas costas de Messi todos os problemas da seleção ( Foto: Roman Kruchinin/AFP )
12:19 · 13.07.2018 por Folhapress

Diego Maradona voltou a criticar o trabalho de Jorge Sampaoli na Seleção Argentina e ironizou as dificuldades passadas por Lionel Messi com seus colegas na Copa do Mundo na Rússia.

"Leo se atrapalhou nos jogos quando quis dar a bola a Biglia ou Enzo Pérez e não devolveram ao pé dele, devolveram um carrinho de mão de paralelepípedos", criticou o astro, em participação no programa De la Mano del Diez, transmitido pela emissora venezuelana Telesur.

Na opinião de Maradona, a Seleção Argentina não tem comando. "Hoje a Argentina está à deriva, mas há muito tempo. Não coloque nas costas de Messi todos os problemas que temos passado. O garoto tem que fazer o gol, ele tem que abrir caminho, ele tem que pegar a bola de volta. Vamos formar uma equipe, mas escolher um técnico primeiro", declarou.

No último dia 6, Sebastián Beccacece, Nicolás Diez e Martín Bressan, integrantes da comissão técnica de Sampaoli na Copa, deixaram os cargo em comum acordo com a AFA (Associação de Futebol Argentino), o que aumentou os rumores de que o técnico seria demitido, apesar de ter contrato até o fim do Mundial de 2022.

Pressionado a deixar o cargo e sem abrir a mão da multa que teria a receber em caso de demissão, Sampaoli concordou em organizar a convocação da equipe que disputa Torneio de L'Alcudia, com a seleção sub-20 entre 28 de julho e 8 de agosto. Entretanto, o comando direto na competição ficará a cargo de Lionel Scaloni.

A própria participação da Argentina na competição, no entanto, ficou em xeque após a maioria dos clubes do país ter se negado a ceder jogadores.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.