Campeão mundial

Lloris é multado e perde habilitação por 20 meses após dirigir embriagado

Segundo a polícia, o carro do goleiro francês quase se chocou com outros veículos após ultrapassar o sinal vermelho

Exame de bafômetro constatou que o goleiro ingeriu o equivalente a sete copos de vinho ( Foto: AFP )
12:15 · 12.09.2018 por Estadão Conteúdo

O goleiro Hugo Lloris, responsável por erguer a taça de campeão mundial como capitão da França na Copa da Rússia, foi condenado a pagar uma multa de US$ 50 mil (cerca de R$ 270 mil) e teve sua carteira de motorista cassada por 20 meses. O jogador do Tottenham foi flagrado em uma blitz, dirigindo embriagado, no dia 24 de agosto, em Gloucester Place, centro de Londres.

A sentença foi lida nesta quarta-feira (12) pela juíza Amanda Barron. "Como sabem, se trata de uma infração muito grave. Não só colocou sua vida em perigo, mas também a de seu passageiro." Por se declarar culpado, Lloris teve a pena e multa diminuídas. "Peço desculpas de todo o coração para a minha família, meu clube e meus companheiros de time, meu treinador e meus torcedores", disse o jogador em comunicado no fim do mês passado.

Segundo a polícia londrina, o Porsche de Lloris quase se chocou com alguns carros que estavam parados, após ultrapassar um farol vermelho. Dentro do veículo foi encontrado vômito. O jogador passou sete horas preso e só foi liberado após o pagamento de fiança.

Um exame de bafômetro constatou que Lloris teria ingerido o equivalente a sete copos de vinho. O dobro permitido por lei. Segundo o tabloide londrino Daily Mail, Lloris teria jantado com os amigos Olivier Giroud (Chelsea) e Laurent Koscielny (Arsenal) no restaurante Bagatelle, no bairro de Mayfair.

Histórico

No mundo do futebol, Lloris é um atleta respeitado, considerado por seus colegas e amigos como uma pessoa educada, comedida e discreta. Poucos são os momentos nos quais se nota o jogador perder o controle emocional durante as partidas.

Contundido, Lloris, de 31 anos, desfalcou a seleção francesa nos dois primeiros jogos da Liga das Nações da Uefa, contra Alemanha (0 a 0) e Holanda (2 a 1), realizadas respectivamente na quinta-feira da semana passada, em Munique, e no domingo, em Paris.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.