Protesto

Líderes de organizadas do Vasco são recebidos por presidente

Torcedores tacaram ovos e garrafas na fachada do clube

08:13 · 11.09.2018 / atualizado às 08:19 por Folhapress
Vasco
Muros de São Januário também foram pichados pedindo a saída do presidente ( Foto: divulgação )

Depois de passarem toda a segunda-feira (10) protestando contra a situação do clube no Campeonato Brasileiro, líderes de organizadas do Vasco foram recebidos à noite em São Januário pelo presidente do clube, Alexandre Campello, e pelo diretor-executivo de futebol, Alexandre Faria. A conversa foi em tom pacífico.

Mais cedo, cerca de 30 integrantes de organizadas tacaram ovos e garrafas na fachada do clube e cobraram a direção pela incomoda 16ª colocação na tabela, uma acima da zona de rebaixamento. Muros de São Januário também foram pichados pedindo a saída do presidente.

Paralelamente, um outro grupo se fez presente no aeroporto internacional do Galeão, no Rio, no aguardo do desembarque da delegação que, no dia anterior, foi derrotada pelo Vitória, em Salvador, por 1 a 0.

Os jogadores, porém, ingressaram num ônibus à beira da pista de pouso e foram embora por uma saída alternativa, driblando tanto os torcedores quanto a imprensa que aguardava no saguão.

Próxima partida

O Vasco se reapresenta nesta terça-feira (11), e o clima ainda é tenso, o que fez o clube segurar a informação sobre local e horário do treinamento. Com 24 pontos, a equipe vem de quatro derrotas consecutivas e só não está na zona do rebaixamento por conta do saldo de gols. No sábado (15), o time cruzmaltino terá pela frente o clássico com o Flamengo, em Brasília.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.