Imbróglio

Juninho Piauiense não retorna ao Ceará, garante Robinson de Castro

Diretor do Sport disse que o atacante retorna ao Vovô

14:16 · 10.08.2018 / atualizado às 14:34
juninho pi
Juninho Piauiense em partida contra o América/MG, na Arena Castelão, pela Série A. ( Foto: Ceará SC / Divulgação )

Presidente do Ceará, Robinson de Castro afirmou que Juninho Piauiense não retorna ao clube. O jogador estava na equipe desde o início da Série A por empréstimo do Sport/PE.

Juninho Piauiense chegou ao Ceará quando o time ainda estava sob os comandos do técnico Marcelo Chamusca. Envolvido em polêmica por acusação de ter agredido sua ex-namorada, a contratação do atacante foi motivo de insatisfação da torcida Alvinegra, tanto por parte de homens quanto mulheres.

Sem espaço na equipe, a diretoria do Sport - clube que o jogador pertence - pediu o desligamento do jogador ao Ceará para que pudesse emprestá-lo ao Corinthians.

Ao saber do passado do possível novo jogador, a Fiel torcida se posicionou contra e fez vários protestos através das redes sociais. Com isso, por meio do site do clube o presidente Andrés Sanchez informou que Juninho não seria contratado pelo time paulista.

Ernesto Cavalcanti, advogado do atacante, classificou a atitude da diretoria corintiana como "absurda" e disse que entrará com uma ação contra o Timão.

Em contato com o Diário do Nordeste, o mandatário do Vozão afirmou que não há chances de que o jovem de 19 anos volta a vestir a camisa do clube. "Ele já foi desligado (do clube)", garantiu.

O jogador não interessava mais ao clube e já estava a disposição do mercado.

Sport nega

Leonardo Lopes, diretor de futebol do clube pernambucano, negou a afirmação do dirigente cearense. Perguntado sobre o futuro do jogador, Leonardo foi direto. "Ele retorna ao Ceará".

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.