Imagem da Modalidade Desgastada

Jade Barbosa pede renovação na ginástica após caso de assédio

Para ela, é preciso renovar o ambiente para que as crianças se sintam à vontade para praticar o esporte de novo

17:44 · 08.05.2018 por Folhapress
Jade Barbosa
"Os pais têm de se sentir seguros para deixarem seus filhos nos clubes", afirmou a atleta ( Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil )

A ginasta Jade Barbosa comentou, nesta terça-feira (8), sobre o escândalo de assédio sexual na ginástica artística envolvendo Fernando de Carvalho Lopes, ex-técnico do Mesc (Movimento de Expansão Social Católica) e da seleção brasileira.

Destaque do esporte no Brasil, a atleta do Flamengo lamentou que o caso desgasta a imagem de sua modalidade. Com 21 anos de esporte, Jade crê que a ginástica terá de se reinventar para descolar a sua imagem do escândalo.

"É muita gente envolvida no esporte e acontece um fato como esse que mancha nossa história. Precisamos renovar o ambiente para que as crianças se sintam à vontade para praticar o esporte de novo. Mas que bom que tudo isso foi exposto e que poderemos resolver", disse Jade.

Com duas participações olímpicas no currículo, a carioca pede o envolvimento de todos os agentes do esporte. Para a atleta rubro-negra, clubes, confederações e COB (Comitê Olímpico do Brasil) têm papel importante neste momento de reconstrução.

"Os pais têm de se sentir seguros para deixarem seus filhos nos clubes. É importante que tudo seja acompanhado de perto. Clubes e confederações têm de criar métodos para identificar coisas assim", ressaltou.

O caso de Lopes ganhou um novo episódio no último domingo (6), após o Fantástico, da TV Globo, revelar que um ex-atleta prestou depoimento à DDM (Delegacia da Mulher, da Criança e do Adolescente) de São Bernardo do Campo afirmando que o ex-treinador fotografava e filmava atletas nus.

A Polícia Civil cumpriu no último sábado (5) um mandado de busca e apreensão na casa dos pais de Lopes, no ABC Paulista. Durante a operação, os agentes apreenderam CDs, DVDs, pen drives, uma fita cassete e um HD externo. A delegada Tereza Gurian deixou a casa sem dar entrevistas.

Leia também:

. Delegacia analisa material apreendido na casa de pais do técnico acusado de abuso

. Confederação de ginástica pode perder patrocínio após acusação de abuso

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.