Série C

Fortaleza segue sem vencer e empata com o Remo

Com gol do estreante Paulo Sérgio, Tricolor de Aço fica no 1 a 1 com os paraenses e chega ao quarto jogo consecutivo sem vitória

20:08 · 16.07.2017 / atualizado às 20:26
Fortaleza
Com o empate, o Leão do Pici segue na segunda colocação do grupo ( Foto: Thiago Gadelha )
O Fortaleza chegou ao quarto jogo seguido sem conquistar uma vitória ao empatar em 1 a 1 com o Remo, com gol do atacante Paulo Sérgio, que fez sua estreia. Com o resultado, o Leão do Pici segue na segunda colocação - 15 pontos somados - e vê o CSA se distanciar na liderança do Grupo A, com 19 pontos conquistados. O Tricolor ainda pode perder a posição caso o Botafogo da Paraíba vença o seu jogo. 
 
O próximo compromisso do Leão, válido pela décima primeira rodada, será no estádio Almeidão, na sexta (21), às 21h, diante do momentaneamente terceiro colocado, o Botafogo/PB. Já o Remo só volta a jogar na outra segunda (24), no estádio Mangueirão, às 21h, quando recebe o ASA de Arapiraca, o oitavo colocado. 

A partida começou com a clara postura reativa da equipe comandada pelo técnico Léo Goiano, que realizou sua estreia a frente do Leão Azul do Norte, sobretudo acionando a velocidade de Pimentinha pela direita de ataque. Foram vários os momentos em que a defesa do Tricolor de Aço teve sérios problemas.  
 
E o gol do Remo veio aos 9 minutos, após troca de passes envolvente. Eduardo Ramos achou o atacante Luiz Eduardo e enfiou a bola para o avante sair cara a cara com Marcelo Boeck, que havia efetuado uma grande defesa na jogada, quando tirou a bola praticamente em cima da risca. 
 
O empate do Leão cearense veio aos 33 minutos, quando Pablo conseguiu cruzar a bola de três dedos e encontrou o estreante Paulo Sérgio, que cabeceou no contrapé do goleiro Vinícius. 
 
Etapa final
 
No segundo tempo, quase Pimentinha colocou o Remo na frente novamente, quando saiu, de novo, cara a cara com Marcelo Boeck e o goleiro, destaque da partida, fechou bem o ângulo. Aos 20 minutos, o técnico Paulo Bonamigo promoveu mais duas estreias na equipe. Entraram o lateral-esquerdo Guilherme Santos e o atacante Vinícius Pacheco nos lugares de Bruno Melo e Hiago, respectivamente. 
 
O Fortaleza seguiu martelando, arriscando chutes de média e longa distância, mas faltou maior capricho no último toque e o placar terminou em 1 a 1. Com a sequência sem vitórias na terceirona, as demais equipes estão se aproximando na pontuação e a presença no G4 corre sério risco.    
 
Público pagante no Presidente Vargas foi de 8.866 pessoas. 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.