Amistoso

Fortaleza bate Gama/DF por 3 a 0 em último teste de Ceni antes do Estadual

Partida marcou o reencontro do comandante tricolor com Lúcio; a dupla foi pentacampeã mundial em 2002 com a Seleção Brasileira

Tricolor cearense estreia no Campeonato Cearense 2018 no dia 17, às 21h30, no Estádio Presidente Vargas. ( Foto: reprodução/SporTV )
17:53 · 13.01.2018 / atualizado às 16:05 · 14.01.2018

Antes mesmo da bola rolar, o jogo já era especial. Gama/DF e Fortaleza protagonizavam o reencontro de dois ídolos do futebol nacional que foram pentacampeões com a Seleção Brasileira em 2002: Lúcio, agora capitão do time brasiliense, e Rogério Ceni, novo comandante do Tricolor. Passada a homenagem, dentro das quatro linhas do Estádio Bezerrão, o Leão bateu os donos da casa por 3 a 0, na tarde deste sábado (13).

O primeiro gol do confronto foi contra, aos 6 da etapa inicial. O lateral Leonan cobrou falta dentro da área, Tarta, do Gama/DF, resvalou de cabeça para o alto, e o goleiro Victor Brasil se atrapalhou todo ao tentar segurar a bola e mandou contra o próprio patrimônio. O Leão ainda ampliou aos 26, quando Gustavo chutou de primeira após passe de Alípío. No segundo tempo, com mexidas no plantel inicial, Paulo Sérgio deu números finais para a partida aos 13, ao finalizar com categoria na saída do arqueiro.

A partida marcou o último teste de Rogério Ceni antes da estreia oficial da equipe no Campeonato Cearense 2018, que acontece no próximo dia 17, às 21h30, no Estádio Presidente Vargas. Antes disso, o Leão havia enfrentado o Juazeiro, time integrante da terceira divisão do Estadual, vencendo a partida por 6 a 0. Com quase 20 dias de preparação, o elenco tricolor chega enxuto para o ínicio de temporada. Apenas 30 atletas estão à disposição para a sequência de jogos.

Time titular

O Tricolor volta para a capital cearense no domingo (14) e retoma os treinamentos já na segunda-feira. No entanto, Rogério Ceni ainda não decidiu quem são os onze jogadores titulares da equipe. Contra o Gama/DF, o técnico inicou a partida jogando em um esquema de 4-3-3 com: Marcelo Boeck; Felipe, Jussani, Ligger e Leonan; Anderson Uchôa, Pablo e Igor Henrique; Leo Natel, Alípio e Gustavo.

Para os últimos 45 minutos, a disposição tática foi o 4-4-2, armado com: Matheus Inácio; Tinga, Jussani, Murilo e Bruno Melo; Sergio, Derley, Wesley e João Henrique; Germán Pacheco e Paulo Sérgio. O técnico ainda efetuou as entradas de Edinho e Jacaré, no decorrer da partida, fazendo todo o elenco atuar. "Nosso padrão de jogo foi bom, tivemos boa movimentação e conseguimos usar todos os jogadores que trouxemos", analisou o comandante Rogério Ceni.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.