Flamengo vence o Basquete Cearense e alcança a liderança do NBB

20:40 · 15.12.2012 por Redação Web

Após ter vencido o clássico diante do Brasília, no confronto que marcou o 1000º jogo do NBB, o Flamengo voltou a vencer na competição. Neste sábado, os cariocas superaram o SKY/Basquete Cearense, em casa, por 86 a 61.

Com o resultado, o rubro-negro manteve a invencibilidade no NBB, com quatro vitórias, e aproveitou a derrota do Paulistano, para o Vila Velha, para assumir a liderança por aproveitamento no campeonato (100%). O time carioca é, hoje, a única equipe invicta na temporada 2012/2013.

O ala/pivô Olivinha foi o principal destaque do Flamengo na partida ao anotar um duplo-duplo de 18 pontos e 11 rebotes. Seu companheiro Marquinhos também teve bom desempenho, com 19 pontos. O principal pontuador do Basquete Cearense foi o ala Rogério, com 12 pontos.

?Ficamos muito contentes com mais uma vitória. Tomamos apenas 61 pontos nesse jogo, a defesa funcionou muito bem. Agora, temos que continuar trabalhando forte para manter esse ritmo no campeonato?, comemorou Olivinha.

O jogo

Trabalhando muito bem na defesa, principalmente, na dobra em cima do pivô Caio Torres, o Basquete Cearense começou o jogo na liderança (7 a 0). Com o garrafão fechado, Kojo, Benite e Marquinhos chamaram o jogo pelo Flamengo, que equilibrou as ações na partida e conseguiu a virada nos momentos finais do período (17 a 14).

A reação levantou o moral da equipe da casa, que no início da segunda etapa já ampliou a vantagem para 10 pontos (24 a 14). Benite e Marquinhos acertaram a mão no ataque carioca, enquanto o time cearense deixou cair seu próprio ritmo ofensivo. Com uma ponte aérea de Duda para Marquinhos, o Flamengo fechou o primeiro tempo vencendo por 42 a 23.

O ataque do Basquete Cearense melhorou no terceiro quarto. Liderados pelo ala Rogério, que anotou oito pontos no período, o time nordestino conseguiu deixar a partida mais equilibrada, mas ainda não conseguiu diminuir a diferença no placar (63 a 43).

Na última etapa, os visitantes mantiveram o ritmo forte, buscando chegar no marcador. Porém, as bolas de 3 pontos do Flamengo caíam como uma ducha de água fria no adversário e coube aos cariocas administrar a partida até o final.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.