Tradição

FIA confirma voltas de França e Alemanha à F-1 em calendário provisório de 2018

Assim como acontecerá neste ano, o GP do Brasil foi confirmado como penúltima etapa do Mundial de 2018

Tradicional circuito alemão de Hockenheim voltará à ativa em 2018 ( Foto: Hockenheimring )
13:59 · 19.06.2017 por Estadão Conteúdo
A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) aprovou nesta segunda-feira, em reunião do seu Conselho Mundial ocorrida em Genebra, na Suíça, o calendário provisório da temporada de 2018 da Fórmula 1. A entidade confirmou um campeonato com 21 corridas e trouxe como principais novidades os retornos da França e da Alemanha após anos de ausência dos dois países como sedes de provas da categoria máxima da velocidade.
 
Assim, a FIA igualou para o próximo ano o mesmo número recorde de corridas de uma temporada da F-1, estabelecido justamente para o Mundial deste ano. E, assim como em 2017, o campeonato de 2018 será iniciado com a disputa do GP da Austrália e fechado com uma prova em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.
 
Fora do calendário desde 2008, o GP da França teve a sua volta marcada para acontecer no dia 24 de junho do próximo ano, em Le Castellet, no circuito de Paul Ricard, enquanto o retorno do GP da Alemanha foi agendado para ocorrer no mês seguinte, no dia 22 julho, em Hockenheim.
 
Com a inserção destes dois tradicionais países no calendário, o Mundial de F-1 de 2018 terá uma sequência de sete provas em solo europeu no meio de sua temporada, com a França abrindo uma série completada pelas disputas dos GPs da Áustria, da Inglaterra, da Alemanha, da Hungria, da Bélgica e da Itália.
 
"Nós queríamos finalizar o calendário da próxima temporada cedo, de modo que todos os nossos investidores tivessem mais tempo para se preparar e nós conseguimos isso, graças em parte ao trabalho em estreia colaboração com a FIA", ressaltou nesta segunda-feira o novo presidente e CEO da Fórmula 1, Chase Carey.
 
O chefão da categoria também comemorou o retorno de dois dos mais tradicionais países ao calendário da F-1. "Estamos orgulhosos por confirmar que os GPs da Alemanha e da França irão acontecer em 2018. A França foi uma das sete corridas que compuseram o primeiro Campeonato Mundial, em 1950, e agora volta depois de uma década. A prova será realizada no circuito de Paul Ricard, que organizou pela última vez uma etapa no Mundial de F1 em 1990", disse.
 
O presidente da FIA, Jean Todt, também destacou no encontro desta segunda-feira que a entidade "gostaria de dar as boas-vindas para a volta dos GPs da França e da Alemanha ao calendário, já que ambos têm uma longa e rica tradição no esporte".
 
O francês de 71 anos de idade, que antes de se tornar presidente da FIA teve grande sucesso como dirigente da Ferrari durante o período em que Michael Schumacher conquistou cinco títulos seguidos entre 2000 e 2004, ainda qualificou que o seu país como uma "casa histórica" da F-1 e reconheceu que a FIA está "particularmente satisfeita" por ter colaborado para o retorno da nação ao calendário da máxima categoria do automobilismo.
 
BRASIL - Assim como acontecerá neste ano, o GP do Brasil foi confirmado como penúltima etapa do Mundial de 2018. A prova no autódromo paulistano de Interlagos foi agendada para o dia 11 de novembro, duas semanas antes de o GP de Abu Dhabi, no circuito de Yas Marina, fechar o calendário da próxima temporada.
 
Já a prova de abertura do próximo Mundial foi marcada para o dia 25 de março, em Melbourne, sendo que, com a entrada de França e Alemanha no calendário, 11 de 21 corridas do campeonato serão em solo europeu. Outras cinco ocorrerão na Ásia e quatro nas Américas, além da prova australiana.
 
Duas das provas do calendário provisório da Fórmula 1 de 2018 também foram listadas com asteriscos nesta segunda-feira. Ambas são na Ásia e ainda estão sujeitas a serem confirmadas após cumprirem exigências dos organizadores da categoria. Uma é o GP da China, em Xangai, previsto para ser a segunda prova da temporada, e a outra é o GP de Cingapura, agendado para 15 de setembro.
 
Confira o calendário provisório da Fórmula 1 de 2018:
 
25/3 - GP da Austrália, em Melbourne
 
8/4 - GP da China, em Xangai*
 
15/4 - GP do Bahrein, em Sakhir
 
29/4 - GP do Azerbaijão, em Baku
 
13/5 - GP da Espanha, em Barcelona
 
27/5 - GP de Mônaco, em Montecarlo
 
10/6 - GP do Canadá, em Montreal 
 
24/6 - GP da França, em Le Castellet
 
1/7 - GP da Áustria, em Spielberg
 
8/7 - GP da Inglaterra, em Silverstone
 
22/7 - GP da Alemanha, em Hockenheim
 
29/7 - GP da Hungria, em Budapeste
 
26/8 - GP da Bélgica, em Spa-Francorchamps
 
2/9 - GP da Itália, em Monza
 
16/9 - GP de Cingapura, na Cidade de Cingapura*
 
30/9 - GP da Rússia, em Sochi
 
7/10 - GP do Japão, em Suzuka
 
21/10 - GP dos Estados Unidos, em Austin
 
28/10 - GP do México, na Cidade do México
 
11/11 - GP do Brasil, em São Paulo
 
25/11 - GP de Abu Dhabi, em Yas Marina

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.