Série D

Ferroviário tem gol mal anulado e fica no empate com o Interporto no PV

Com o resultado, o Tubarão da Barra manteve a liderança do grupo A4, com seis pontos

Ferroviário tem gol mal anulado e fica no empate com o Interporto ( Foto: José Leomar )
18:00 · 12.05.2018 / atualizado às 18:15

O Ferroviário poderia ter vencido e encaminhado a classificação para a segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro, mas ficou no empate em 1 a 1 com Interporto-TO, na tarde deste sábado (12), no Estádio Presidente Vargas. O time da casa, contando com a força da torcida, até marcou por duas vezes, mas um dos gols foi anulado de forma errada pela arbitragem, ainda no início de partida. Warlei marcou para os visitantes e Edson Cariús empatou.

Com o resultado, o Ferroviário manteve a liderança do grupo A4, com seis pontos. O Interporto que, até o início da rodada, era o lanterna, assumiu a terceira colocação, com quatro.

O JOGO

Com mais posse de bola, o Ferroviário  começou mandando no jogo. Logo aos sete minutos, o Ferrão marcou em cobrança de falta, mas o árbitro potiguar,  Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro, anulou o gol, de forma errada, alegando que a bola não havia ultrapassado a linha. 

Nervoso, o Interporto não conseguia trocar três passes. Porém, nos contra-ataques, o time tocantinense conseguia assustar. Aos 22 minutos, em ataque rápido pela esquerda, Afonso chuta forte, a bola bate na defesa coral e sai pela linha de escanteio. Na cobrança, Alisson cabeceia firme, mas Léo espalma. Na sobra, Afonso tira o perigo.

A resposta do Ferrão aconteceu apenas aos 30 minutos, com Esquerdinha arriscando de fora da área, mas a bola passou à direita de Carlão.

O Ferroviário jogava melhor, mas quem marcou primeiro foi o Interporto. Em mais um contra-ataque, Afonso toca para Warlei que, dentro da pequena área, fez o gol dos visitantes, aos 33.

Ainda no final do primeiro tempo, o Tubarão da Barra teve duas chances de empatar. Na primeira, aos 43, Mazinho cabeceia forte e Carlão salva. Na segunda, um minuto depois, Sávio chuta por duas vezes e o goleiro adversário salva.

Diferentemente da etapa inicial, o Interporto começou o segundo tempo se posicionando mais ao ataque. Aos três, Ederson cobra escanteio e quase faz um gol olímpico. Na cobrança, a bola bate na trave de Léo. No minuto seguinte, Antônio Flávio chuta e o goleiro do Tubarão defende, evitando o segundo do time tocantinense.

Acuado, o Ferrão só chegou aos sete e, de quebra, perdendo a melhor oportunidade na partida. Edson Cariús recebe cruzamento de Sávio e, dentro da pequena área, cabeceia pra fora. Cinco minutos depois, também de cabeça, o centroavante coral testa por cima do gol de Carlão.

O tempo passava, a pressão aumentava e o Ferroviário conseguia marcar o gol. Aos 26, Edson Cariús arremata, de primeira, após passe de Mazinho, mas Carlão se agiganta e evita o empate. Mas de tanto pressionar, o gol veio aos 40, com Edson Cariús. Sávio levanta para a área, Vitinho escora e o centroavante coloca para o fundo das redes. A virada poderia ter acontecido aos 43, com Esquerdinha, mas o chute passou tirando tinta da trave. Aos 48, Carlão, de novo, salva o Interporto da derrota, na cabeçada de Edson Cariús.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.