Possível Punição

Destaque da Rússia na Copa do Mundo pode ser suspenso por doping

Em junho de 2017, o pai do jogador disse em entrevista que Cheryshev teria tomado injeções hormonais de crescimento quando defendia o Villarreal. Caso seja confirmado, o jogador pode ficar suspenso por quatro anos

14:17 · 12.09.2018 por Agência Estadão
Denis Cheryshev
O meia russo comemora gol na vitória sobre os turcos, na Liga das Nações. ( Foto: AFP )

A Agência Espanhola para a Proteção da Saúde no Esporte (AEPSAD) abriu investigação para apurar um suposto caso de doping do atacante russo Denis Cheryshev, do Valencia, um dos destaques da Copa do Mundo da Rússia. O processo terá colaboração da agência antidopagem russa e da Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês).

Segundo o jornal russo Sport-Express, o assunto teve início logo após uma entrevista de Dmitri Cheryshev, pai do jogador. Ele revelou, em junho de 2017, que Cheryshev teria tomado injeções de hormônios de crescimento quando defendia o Villarreal. Esta atitude sem autorização médica pode levar o atleta a uma suspensão de quatro anos. 

Dmitri Cheryshev afirmou que suas declarações foram traduzidas com erro pelos jornalistas. "Não temos nenhuma informação. Isso já ultrapassou os controles do Villarreal. Depois de ler tudo, acho que é um erro de transcrição, porque os fatores de crescimento não são os mesmos que os hormônios de crescimento", disse Mateu Alemany, diretor geral do Valencia, em entrevista coletiva, nesta quarta-feira (12).

O dirigente disse que o jogador está sendo submetido a exames médicos no Valencia, na seleção russa e com médicos particulares. O atleta, de 27 anos, não admite ter feito uso de doping em sua carreira e está confiante de que provará isso após a conclusão desta investigação aberta pela AEPSAD.

Cheryshev foi decisivo para que a seleção russa obtivesse bons resultados durante a Copa do Mundo e atingisse as quartas de final da competição, após iniciar a disputa em casa sob total descrédito por parte dos torcedores e da imprensa. Ele foi autor de quatro gols na campanha da seleção russa, eliminada da competição apenas na disputa por pênaltis diante da Croácia, após empate por 1 a 1 no tempo normal e por 2 a 2 na prorrogação. Antes disso, os russos despacharam a Espanha nas oitavas de final.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.