Copa do Nordeste

'Deixaram de matar o Sport', afirma Magrão após defender pênalti contra Fortaleza

Goleiro do time rubro-negro acredita que seu time não terá duas más exibições em sequência

12:40 · 26.03.2015
Magrão
Magrão ainda afirmou que tinha 'convicção' do lado que Lúcio Maranhão cobraria o pênalti ( FOTO: Bruno Gomes )

Magrão provou mais uma vez que é um grande pegador de pênalti, na última quarta-feira (25), ao defender a cobrança de Lúcio Maranhão, na vitória do Fortaleza por 1 a 0. Depois da partida, o experiente goleiro do Sport reconheceu que "o Fortaleza foi melhor e perdeu a oportunidade de matar a classificação no primeiro jogo".

"Deixaram de matar o Sport e agora, com certeza, com o apoio do torcedor, vamos reverter essa situação na Ilha do Retiro. Domingo não podemos repetir o futebol que apresentamos hoje e tenho certeza que não vamos repetir. O Sport dificilmente fará dois jogos tão ruins em sequência", completou o goleiro, em entrevista ao jornal Diário de Pernambuco.

Magrão ainda afirmou que tinha a "convicção" que Lúcio Maranhão chutaria no canto esquerdo. "De início eu pensei que ele poderia bater no centro, mas ele deu uma passada para o lado esquerdo e eu fui feliz e pude fazer a defesa", contou o goleiro.

Fortaleza e Sport voltam a se encontrar no próximo domingo (29), às 16h, em Recife. O Tricolor de Aço pode empatar e até perder por um gol de diferença, contanto que marque gol, para se classificar para a semifinal da Copa do Nordeste.

Comentários


Li e aceito os termos de regulamento para moderação de comentários do site.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.